Início » Arquivos » Ciência » Esta bala da Darpa consegue mudar de trajetória para atingir alvos em movimento

Esta bala da Darpa consegue mudar de trajetória para atingir alvos em movimento

Emerson Alecrim Por

A Darpa – agência de pesquisa ligada ao exército dos Estados Unidos – tem um extenso histórico de invenções sofisticadas. Nesta semana, a divisão deu mais informações sobre um dos seus projetos atuais: uma bala calibre .50 que é capaz de mudar de trajeto.

DARPA - EXACTO

O projeto foi batizado como Exacto, sigla para Extreme Accuracy Tasked Ordnance. O nome não poderia ter sido mais apropriado: a bala está sendo desenvolvida para atingir com precisão um alvo em movimento – um indivíduo fugindo em uma moto, por exemplo.

É claro, a tecnologia também pode ser usada para facilitar o alcance de alvos com pouca ou nenhuma mobilidade. O acerto na primeira tentativa é sempre importante porque, em caso de falha, o atirador pode acabar revelando a sua presença e pondo a sua vida ou uma missão inteira em perigo.

Um vídeo de demonstração da tecnologia foi divulgado no ano passado, mas, na ocasião, só dava para perceber a trajetória mudando. No novo material, feito a partir de testes realizados em fevereiro, é possível ver o alvo (na cor branca) se movimentando e a bala saindo do curso original para alcançá-lo.

A precisão realmente impressiona. O projeto Exacto foi idealizado para uso de soldados bem treinados, mas o final do vídeo mostra um atirador de primeira viagem acertando o alvo como se tivesse bastante experiência no assunto.

Também, pudera: a Darpa explica que o projétil utiliza um sistema de orientação óptica para compensar ventos fortes, nuvens de poeira e outros fatores que, de alguma forma, podem dar uma segunda chance ao alvo.

DARPA - EXACTO

Só não podemos esperar que a agência dê detalhes aprofundados sobre o funcionamento do Exacto. A princípio, a ideia é utilizar a tecnologia em lugares onde o clima e o relevo dificultam o trabalho dos atiradores. Se é assim, é melhor que o inimigo não conheça os pormenores.

Com informações: The Verge

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

opstranscarioca
Olhaí o filme "Runaway", com o tosco do Gene Simmons, se materializando.
Danillo Nunes
“A Darpa tem um extenso histórico de invenções sofisticadas” Para quem não sabe, ela inventou a internet.
Gabs
Armas são criadas por pessoas
Keaton
Battlefield e Call of Duty perderiam a graça com esse tipo de coisa... :
Hao123
Bala alojada e Baidu antivírus instalados com sucesso!
jairo
Sim , fiquem tranquilos , as balas inteligentes utilizam o Baidu Antivírus , vai que algum mal ware se instale...
Delta Force
Mas não é questão de concordar ou não. Essa frase está correta. Afinal, arma de fogo é tão somente um objeto como qualquer outro. A maioria das mortes violentas não é provocada por armas de fogo. Mata-se com as mãos, com lâminas, barra de ferro etc.
Delta Force
Não é simplesmente a busca por maneiras inovadores de se matar... E, sim, cessar uma ameaça de uma maneira mais eficiente. Infelizmente, sempre haverá pessoas ruins no mundo que praticarão o mal sem razão, para isso, é necessário que haja pessoas do bem (militares, policiais, bravos cidadãos) para combater essas ameaças à vida tranquila. A melhor maneira de parar um homicida armado seja com arma de fogo, faca ou mesmo um pedaço de madeira, é portando uma arma de fogo.
Lucas Massoline
Só eu fiquei com o filme "O procurado" na cabeça? Ein? Ein?
Diogo Buíque
Matar com eficiência... menos civis e inocentes mortos em combate... será o fim das balas 'perdidas' ?
Marcos Oliveira
Armas não matam pessoas. Pessoas matam pessoas. (P.S.: eu não concordo com essa frase clichê, mas sempre ouço isso de um amigo que gosta de atirar, então tô repetindo...)
Rodolpho Freire
E a humanidade continua pesquisando formas de se matar... bravo...