A Microsoft não confirma, mas há tantas pistas surgindo, que podemos dar como certo o abandono da marca “Nokia” pela empresa. O mais novo indício vem do Reino Unido: a página da Nokia por lá agora informa que seu conteúdo foi movido para um site da Microsoft Mobile Devices.

De fato, o novo endereço dá detalhes de todos os aparelhos atuais da linha Lumia. Mas, com exceção para as fotos e nomes dos produtos, não há menção à marca “Nokia” em suas páginas.

Anúncios publicitários dos aparelhos e comunicados de imprensa recentes também quase não mencionam o nome – para se referir à sua linha de dispositivos móveis, a Microsoft tem ressaltado apenas a denominação “Lumia”. E não podemos nos esquecer dos supostos documentos vazados que confirmam as intenções da Microsoft.

O site da Nokia no Reino Unido continua existindo, mas o aviso existente ali dá a entender que a página será redirecionada automaticamente para o endereço da Microsoft Mobile em breve.

"Dispositivos e serviços da Nokia foram movidos para um novo site"

“Dispositivos e serviços da Nokia foram movidos para um novo site”

As páginas da Nokia em outros países devem seguir pelo mesmo caminho. A Microsoft só está tendo o cuidado de conduzir esta tarefa de maneira progressiva para promover uma transição mais tranquila.

Estas mudanças todas são esperadas desde que a Microsoft fechou negócio com a Nokia. A companhia tem várias razões para fazê-lo: reforçar o seu próprio nome no segmento móvel, alavancar a linha Lumia nos Estados Unidos (até hoje o nome “Nokia” não é muito popular por lá) e agilizar as suas operações tornando-as mais centralizadas.

Com base em toda esta movimentação, é cada vez mais fácil acreditar que os aparelhos Lumia 730, 735 e 830 são os últimos a ostentarem os dizeres “Nokia”.

A marca não deverá sumir do mercado, de qualquer forma. Vale lembrar que a Microsoft comprou a divisão de dispositivos móveis da Nokia. A divisão de infraestrutura para telecomunicações da companhia segue firme, sem nenhuma previsão de mudanças.

Com informações: The Next Web

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Domingos Tavares
É, mas os APPs da moda que existem no Windows Phone já perderam a graça no Android e no iOS.
Domingos Tavares

O que eu esperava? Aparelhos com a qualidade dos Lumias, só que com Android. Isso salvaria a Nokia.

Walter Hugo Nishida Xavier da
Impressionante como ainda hoje existe gente diminuindo dos outros pra melhorar o seu. Só reclama de WP quem nunca usou, ou mexeu no WP 7.0 / 7.5 e parou por aí. O WP8.0 já era um ótimo sistema, o WP8.1 ficou simplesmente absurdo em termos de funcionalidade, desempenho e praticidade. Deixo várias pessoas testarem meu aparelho (antes Lumia 520, agora Lumia 925) e mesmo quem não gosta de smartphone (por mais incrível que possa parecer, uma parcela enorme das pessoas) conseguiu se virar tranquilmante nas funções e elogiou a "velocidade" do sistema. Sobre os apps, acho que o pessoal podia parar de repetir isso também, os principais apps "da moda" já estão disponíveis para WP. Para quem usa o smartphone para tarefas "normais" como agendas, anotações, escritório virtual etc, não falta absolutamente nada. Minha única torcida é para que a MS leve essa empreitada até o final, e não desista dela antes da hora, porque senão além de jogar dinheiro fora, ainda terá "matado" a divisão de portáteis da Nokia. Concorrência nunca faz mal.
Marcão Sparcos
Vacilo, o nome Nokia é muito forte, acho um erro da Microsoft.
Josiel Hen
Ele nem se reconstruiu, foi obrigada diante o mercado concorrente, o que ainda assim não é o mesmo que se reiventar. Lol
helmygalindo
Acho que lembrarão. Como a empresa que não esperou os resultados de sua reconstrução...
João Silverado
Tbm acho que usarão. Assim como usam a Siemens hj para alguns exemplos tbm.
Vitor Mikaelson
Eu não comprei por um mero nome. A fabrica vai continuar a mesma, quem tá no poder da Mobile ainda é o mesmo. Ou seja... apenas um nome mudou e a filosofia da Nokia pois passará a seguir a da Microsoft.
Jeane
já estava na hora de acabar mesmo. http://www.autovistoriariodejaneiro.com.br http://www.piscinarj.com.br
Igor Fernando
Maior burrica da MicroSoft. Os Lumias só vendem o que vendem por terem a marca Nokia.
Sandro F. M.
Talvez a Microsoft tenha entrado tarde demais na briga ou ainda pior, foi a primeira (alguém se lembra do Windows Mobile), mas começou mal, dormiu no ponto...
Sandro F. M.
Também concordo que a concorrência sempre é saudável e beneficia o consumidor, só não gosto de algumas práticas da Microsoft, como o hábito de "abandonar" usuários. Conto um exemplo que ocorreu comigo: eu gostava muito do Windows Mobile e tinha um smartphone com Windows Mobile 6 mas esse sistema foi simplesmente descontinuado e nem sequer o que já funcionava deu mais pra usar, pois eles cancelaram as contas do Windows Mobile que os usuários tinham. Isso não contribui em nada para criar confiança na marca...
Weslley Rocha
Bem, eu acho q a MS pode fazer isso, seria o ideal, se ela quiser realemente entrar no mercado mobile não só como produtora de software, mas de hardware. Nome, Marca, tem "poder" pode ser um bom produto, mas se vc tiver pessimas experiencias com a fabricante vc não compra. Já se a Lenovo se acabar com a marca motorola e colocar a marca Lenovo acho q não vai vender nenhum "Lenovo" G de nova geração por aqui em terras brasileiras...
Guilherme C.
Pense bem. Estou em crise e já tenho uma opção esquematizada (sim, já é sabido que existia essa opção), que é adotar o Android e ter o MeeGo com um segundo sistema exclusivo (lembre que o N9 com MeeGo vendeu muito considerando que não existia marketing algum e com Elop quase implorando pra ninguém comprar [sim, ele fez isso publicamente]). Mas então deixo de colocar o sistema operacional que mais cresce e está dominando o mercado, e consequentemente fazendo crescer o lucro que quem o adota, e deixo de ter uma opção exclusiva com parceria com a maior fabricante de processadores do mundo (Intel) pra escolher ter o sistema que não conseguia emplacar no mercado, mesmo com bilhões investidos. Trocar uma opção mais seguro por uma menos segura em uma crise não parece algo racional. Elop falou claro em sua apresentação na empresa. Não iria destruir ou vender a empresa, mas recuperá-la. E foi isso que aconteceu? Não. Ele deixou tudo pronto pra se livrar da empresa e deixá-la pra sua ex contratante, a Microsoft. Deixou tudo pronto a ponto dos acionistas não terem escolhas, pois eles se aproximaram demais da MS e os resultados não vieram. O que parece é que quem matou a Nokia não foi os velhos executivos finlandeses. Eles deixaram empresa doente por não agir durante muito tempo. Mas eles tomaram uma decisão, que foi deixar alguém de fora entrar pra recuperar o gigantismo da empresa. Só que quem entrou já veio com uma pá pra enterrar a empresa.
Dih
Na verdade o S.O. não é ruim, muito pelo contrário, é otimo o sistema, não compare apps com o S.O. em si. Em apps a maioria já existem para WP, poucos não tem ainda, basta acompanhar os lançamentos e a loja. Não tenho interesse em defender a esmo, mas digo isso porque desenvolvo apps para iOS por ser rentável e para WP. O que segura o crescimento acelerado é justamente a MS não investir em marketing como ela fez com outros produtos, porque em recursos nativos o sistema perde em nada para os concorrentes na versão 8.1, apenas alguns apps que infelizmente os desenvolvedores lançam com alguns recursos diferentes da versão dos outros S.O., e usam como justificativa a dificuldade no desenvolvimento. (tanta dificuldade que tem o Rudy lançando apps atras do outro até melhor que as versões oficiais, como o 6tag.
Exibir mais comentários