Pelo jeito, a LG abraçou de vez a ideia de lançar aparelhos “inspirados” em seus flagships. Conforme promessa feita em agosto, dois destes modelos acabam de desembarcar no Brasil: o G3 Beat, versão reduzida (em vários aspectos) do poderoso LG G3, e o G3 Stylus, grandalhão intermediário que vem com uma… stylus.

Tecnicamente, o G3 Beat figura fácil como mais um concorrente do Moto G. Em suas especificações há uma tela IPS de 5 polegadas com 1280×720 pixels (294 ppi), chip quad-core Snapdragon 400 de 1,2 GHz, 1 GB de RAM, armazenamento interno de 8 GB expansível com microSD de até 64 GB e bateria de 2.460 mAh.

G3 Beat (esquerda) ao lado de um G3

G3 Beat (à esquerda) ao lado de um G3

A LG frisa que a câmera traseira do modelo, de 8 megapixels, tem foco a laser e é acompanhada do app Quick Selfie, que tira fotos automaticamente quando o usuário faz um gesto específico. Na parte frontal, há uma câmera de 1,3 megapixel.

O G3 Stylus seria um pouco mais parrudo, mas a sua tela causa estranheza. O componente, também IPS, tem 5,5 polegadas, mas resolução de 960×540 pixels (200 ppi) – considerando as suas dimensões, a tela não deveria ser pelo menos HD?

Internamente, o LG G3 Stylus conta com chip quad-core MediaTek de 1,3 GHz, 1 GB de RAM, 8 GB para armazenamento de dados expansíveis com microSD de até 64 GB, câmera traseira de 13 megapixels, câmera frontal de 1,3 megapixel e bateria de 2.940 mAh.

LG G3 Stylus

LG G3 Stylus

Na conectividade, ambos os modelos entregam o trivial: Wi-Fi 802.11n, Bluetooth 4.0, porta USB e 3G. Os dois aparelhos também contam com o Android 4.4.2 KitKat e, como é de se esperar, são visualmente parecidos com o G3 “original”.

Segundo a LG, o G3 Beat está disponível no Brasil desde o último dia 12. Seu preço sugerido é de R$ 999. O G3 Stylus chega com preço oficial de R$ 1.199, mas estará à venda somente no final do mês.