Se medirmos o sucesso de uma empresa apenas pela sua quantidade de clientes, a compra do WhatsApp pelo Facebook dá cada vez mais indícios de ter sido um excelente negócio. Neste domingo (24), Jan Koum, CEO do serviço, informou via Twitter que o WhatsApp superou a marca de 600 milhões de usuários ativos no mundo todo.

A quantidade é ainda mais impressionante se a compararmos com o número registrado pelo WhatsApp no final de abril: 500 milhões de usuários ativos. Isso significa que o serviço levou quase três meses para conquistar 100 milhões de novas contas, um feito e tanto se considerarmos as investidas agressivas de rivais como WeChat (438 milhões de usuários, a maioria da China) e Viber (100 milhões de usuários).

Parte desse sucesso se deve à Índia. A estimativa é a de que uma em cada dez contas do WhatsApp seja proveniente deste país. E esta quantidade deve aumentar logo: atualmente, o serviço ganha três milhões de usuários indianos por mês.

Zuckerberg feliz com o WhatsApp

Independente do país, a principal razão para a adoção massiva do WhatsApp é a influência, algo no estilo “todos os meus amigos usam, então eu também devo usar”. Esta linha de pensamento vale principalmente para o público mais jovem.

A pré-instalação do aplicativo em aparelhos novos, o bom funcionamento mesmo em conexões lentas (ainda que o app em si careça de melhorias) e o apreço crescente por grupos no serviço são fatores que também explicam o sucesso do WhatsApp.

Sucesso que reflete em desafio. Se o Facebook encontrou uma forma de gerar receita significativa com o WhatsApp, está guardando a fórmula para si. A cobrança (quase sempre prorrogável) de US$ 1 por ano parece dar resultado, mas não a ponto de compensar os US$ 19 bilhões desembolsados na aquisição. Como se não bastasse, Jan Koum disse mais de uma vez que não é favorável à exibição de anúncios.

Seja lá como for, os executivos do Facebook não demonstram muita preocupação com isso. Por ora, o foco parece estar em manter cada vez mais usuários imersos no amplo ecossistema da empresa. Se o objetivo é este, os números do Facebook e do WhatsApp estão aí para mostrar que o plano está dando muito certo.

Com informações: The Next Web, BGR

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Coimbra de Araújo
Mais uma prova de que nem tudo o que é melhor é o mais usado... Whatsapp deixa muito a desejar, poucos recursos, app que precisa utilizar o número pessoal das pessoas... Enfim... Ainda sou muito mais o BBM, com grupos, canais, voip, chamadas de vídeo e muitos outros recursos que o Whatsapp sequer sonhou... :D.
Fernando Camilo
Concordo, ainda mais no Brasil...
Tales Cembraneli Dantas
Acredito que eles ainda não colocaram pq a maioria dos usuarios não tem uma conexão satisfatória pra VOIP, sendo assim teriam problema e começariam a falar mal do serviço... é uma puta duma sacada terem feito a mensagem de voz e não o VOIP
Caleb Enyawbruce

Você testou mesmo o ICQ?? Olha isso:
http://img1.olhardigital.uo...

RamonGonz
Você testou mesmo o ICQ?? Olha isso: http://img1.olhardigital.uol.com.br/uploads/acervo_imagens/2014/08/20140812121146.jpg
RamonGonz
Que isso, o Viber tem VoIP, não vejo como comparar. Quanto aos outros, você teve problemas pra usá-los? Eu consegui usar os outros de boas, inclusive alguns tem mais recursos que o Whatsapp.
Rafael Damasceno
Tanto Telegram quanto Viber são gratuitos permanentemente; Telegram tem funcionalidades como encriptação pesada, auto-destrução e acesso em vários dispositivos, Viber tem VoIP; tanto um quanto outro têm clientes desktop. Dizer que não passam de cópias mal feitas é, sem dúvida alguma, errado; simplesmente não têm fama para atingir o número de utilizadores do WhatsApp.
Fernando Camilo
Sim, mas vazou tem um tempinho que eles iam incorporar essa função ?
Lucio717
Já tem os audios, n vejo necessidade pra fazer uma ligação
David Diniz
Telegram,Viber e uns ai não passa de uma cópia mal feita do Whatsapp.
David Diniz
ICQ trouxeram do mundo dos mortos ACHANDO que ia emplacar e concorrer com o WA. ICQ era bom em 1999/2000 hoje em dia é igual a SMS inútil.
RamonGonz
testei uns 3 ou 4 outros e não vi nenhum que fosse mal feito, então acho que "cópia barata" é um exagero.
Daniel Cobalto
ICQ não é.. ah, você entendeu.
Doug Soares
Felizmente no Windows Phone o WhatsApp ainda é melhor que os concorrentes que querem ignorar a plataforma, então quanto mais pessoas do meu círculo usarem melhor pra mim.
Fernando Camilo
Será que eles ainda vão lançar a chamada de voz via voIP?
Exibir mais comentários