Início » Arquivos » Jogos » Financie isso: A Lenda do Herói, uma aventura épica com narração “interativa”

Financie isso: A Lenda do Herói, uma aventura épica com narração “interativa”

Avatar Por

lendadoheroi

Você já deve ter trombado com alguma produção de Matheus e Marcos Castro pela internet. Os irmãos ficaram bem conhecidos especialmente por conta do vídeo A Lenda do Herói, no qual narram, cantando, uma fase de um jogo 2D cheio dos clichês dos games dos anos 90.

O sucesso foi tão grande que eles fizeram músicas para outras duas fases, versões em inglês e, agora, atendendo a pedidos, querem lançar o jogo baseado nos vídeos. E a proposta é bem interessante.

O jogo contará a jornada de um herói que precisa enfrentar todo tipo de perigos – de hostis criaturas gigantes e coloridas a plataformas flutuantes e abismos sem fim – para salvar sua princesa.

É basicamente a jornada do herói em forma de videogame, como já vimos em trocentos títulos antes, mas a história talvez não seja seu principal atrativo, apesar da dupla prometer que “uma trama surpreendente” surge no decorrer do jogo.

O grande diferencial de A Lenda do Herói é a trilha sonora, composta pelos irmãos Castro. Assim como nos vídeos que deram origem ao jogo, eles irão tocar e cantar sobre o caminho do personagem principal.

Ao contrário dos jogos clássicos nos quais se inspira, será possível aprender novas habilidades e voltar no mapa para fases anteriores, aproveitando-as para descobrir segredos, além de puzzles, itens extras e novas áreas para destravar. E a letra da música irá acompanhar todas essas mudanças, de modo que a trilha sonora não seja exatamente igual para todos os jogadores.

A Lenda do Herói está sendo desenvolvido pela Dumativa, um estúdio de criação que trabalha em diversas frentes, entre elas o desenvolvimento de jogos personalizados e advergames. O jogo contará com oito fases e terá versões para PC, Linux e Mac.

O projeto precisa de R$ 125 mil para deslanchar e, em um dia, já passou os R$ 26 mil. A campanha fica no ar até o dia 20 de setembro e, a partir das contribuições de R$ 10, já há recompensas. Para ganhar uma cópia do jogo, é preciso investir pelo menos R$ 20.

Por que é legal? Porque tem aquele ar nostálgico que a gente adora, mas com novas mecânicas e um belo toque de humor.

Por que é inovador? O principal é a trilha sonora “interativa”, que descreve o que você faz no jogo.

Por que é vanguarda? Pelo mesmo motivo acima: é quase um musical em forma de videogame, no qual o narrador canta e vai alterando o discurso conforme você evolui, da maneira que preferir, na história.

Vale o investimento? Sim! Primeiro, porque R$ 20 em um jogo independente é um valor bem justo. E, segundo, porque sempre queremos apoiar as produções nacionais e ver cada vez mais jogos bacanas feitos por aqui.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eduardo Schmidt
Normal não gostar dos videos dele, não são todos que são legais mais muitos são. Mas você tem que concordar que a idéia de um jogo-musical cômico é bem original. Primeiro game-crowdfunding interessante/original que encontro que é 100% nacional, e não estou puxando o saco de ninguém, nem sou tão fã e nem sei se vou apoiar, pois eu ficaria angustiado de mais em esperar até 2016 pra jogar o jogo, e vai saber como estará minha vida daqui a tanto tempo. Ainda assim, gostaria de ver a ideia sair do papel!
Eduardo Schmidt
Parabéns, eu achei a ideia de um "jogo-musical" extremamente original. Espero que dê certo! Não assisto os seus vídeos frequentemente, mas muitos do que vi gostei muito. Vou pensar ainda se vou ou não ajudar nesse crowdfunding, apesar de querer ver isso sair do papel, janeiro de 2016 é uma data um tanto quanto distante, nem sei se vou estar vivo até lá pra curtir o jogo (hue zueira mas pode ser verdade o.O toc toc na madeira). Boa sorte!
Roger Martins
Acredito que o jogo será vendido posteriormente. Mas ha um valor em que tu pega uma copia pra ti.
Roger Martins
que iveja foda heim campeão. so nao participa, pode nao parecer ,mas muita gente nao participa tb e nao paga de zé-revolta por ai
Adan Lucas Guinatto Cunha
O jogo vai ser gratuito ou apoiar é voluntário?
Eric Cerqueira de Oliveira
Marcos castro stalkeando a internet para saber aonde é que ta pipocando news da lenda do herói hahaha. O valor maior é ver o mercado brasileiro com boas idéias e crescendo no ramo de Games, isso sim da gosto de apoiar, apoiei a Behold Studios e apoiei a lenda do herói, e sempre que pinta um projeto bacana e brasileiro voltado para games eu irei apoiar!
Ale Dzindzik
Velho sem palavras, desde que eu vi o video de vocês sempre tive vontade jogar =P! Boa sorte que Deus os abençoe e que consigam transformar esse projeto em um grande JOGO!
Marcos Castro
Obrigado pela matéria! :) E obrigado pelos comentários. Fico muito feliz em saber que tem gente que, mesmo não gostando de mim, reconhece o valor da Lenda do Herói. A vocês, muito obrigado. É um dos melhores feedbacks que poderia receber. :D
Giovani Milchareck
Agronopolos Macho Alpha colocar defeitos num trabalho que ainda nem começou? boa campeão.
Airon de Souza
Na verdade essa coisa de trilha sonora interativa não é exatamente inovadora. Bastion já fez isso, e de forma fantástica.
Lucas Blassioli
Não gosto do Marcos Castro em especifico... mas adoraria ter o jogo da Lenda do Herói pois SIM
Leonardo Domingues
Eu também, não curto todo os vídeos deles, mas mesmo assim eles sempre se mostraram bem competentes, fora que são os "gente boa" da Internet brasileira.
Luiz Alberto Franco
Ja dei meu apoio (y)
Ygor Freitas
Eu também não. Talvez a galera esteja usando essa convenção social chamada educação. Será que eles descobriram que fazer questão de mostrar que não gosta de algo só para aparecer faz a pessoa soar carente de atenção? Caralho, espero que não.
Agronopolos Macho Alpha
Thales Souza Exatamente, mas não vi ninguém colocando os defeitos, só puxando o saco
Exibir mais comentários