Início » Arquivos » Gadgets » Microsoft pode estar criando smarwatch que funciona também com iOS e Android

Microsoft pode estar criando smarwatch que funciona também com iOS e Android

Por

Não é de hoje que esperamos que, eventualmente, a Microsoft mostre ao mundo algum smartwatch. Desde o ano passado ouvimos falar disso, desde histórias que a tela seria feita de alumínio até que a empresa já estaria recebendo os materiais para produzi-lo.

Nada disso se confirmou até agora, mas a Forbes garante que uma fonte lhes informou que, deste ano, o smartwatch da Microsoft não passa, e ainda deu algumas dicas do que ele poderá ter.

O principal diferencial apontado pela matéria é a quantidade de sensores emprestados do Kinect no relógio, o que fará com que ele meça a frequência cardíaca tanto de dia quanto de noite, e não apenas quando for solicitado.

Segundo a Forbes, foi criado um software que faz com que os sensores do smartphone e do relógio interajam e consigam uma leitura mais precisa para os atletas, que continuam sendo o público-alvo desse tipo de gadget. Ainda assim, espera-se uma boa duração de bateria, de cerca de dois dias, assim como o Gear Fit da Samsung.

Essa é só uma representação artísitca do smartwatch da Microsoft. Se Deus quiser, não vai ser nada parecido com isso.

Essa é só uma representação artísitca do smartwatch da Microsoft. Se Deus quiser, não vai ser nada parecido com isso.

Mas um ponto interessante do tal smartwatch é sua compatibilidade não apenas com Windows Phone, mas também com Android e iPhone. Um movimento esperto da Microsoft, pelo menos no que diz respeito ao lado business: a fatia do mercado de smartphones ocupada pelo Windows Phone ainda é muito pequena e fazer o smartwatch compatível apenas com aparelhos com esse sistema operacional talvez não fosse a melhor decisão visando lucros.

O lançamento do tal smartwatch pode ser ainda neste ano. Se ocorrer, isso ainda colocaria a Microsoft entre as pioneiras do segmento, a tempo de deixar seu produto nas prateleiras na época de consolidação desse tipo de gadget. Mas, como de costume, a empresa não falou nada sobre as informações obtidas pela Forbes.