Início / Arquivos / Celular /

Rumor do dia: linha Nexus do Google será substituída pelos smartphones Android Silver

Paulo Higa

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Todo ano o Google lança um novo smartphone Nexus em parceria com alguma fabricante de celulares; o último foi o Nexus 5, produzido pela LG. Esses aparelhos possuem Android sem modificações profundas e recebem atualizações rápidas diretamente do Google. No entanto, se os rumores estiverem certos, isso deverá mudar no ano que vem: a linha Nexus poderá deixar de existir para dar lugar ao programa Android Silver.

O rumor não é novo, mas foi reforçado hoje. No início do mês, o Android Police publicou slides confidenciais de uma apresentação que citava o programa Silver, mas disse que se tratava de um documento feito no final do ano passado e não sabia se o projeto ainda estava nos planos do Google. Nesta terça-feira (29), o The Information, com base em quatro fontes próximas ao projeto, revelou mais alguns detalhes.

Deve funcionar assim: o Google escolherá alguns smartphones “premium” e contribuirá com os custos de desenvolvimento e marketing desses aparelhos Silver. Em troca, o Google terá maior controle em relação ao software dos aparelhos, removendo aplicativos de utilidade duvidosa pré-instalados pelas fabricantes e operadoras. Assim como os Nexus, os smartphones Silver terão atualizações mais rápidas e por mais tempo.

2015: tchau Nexus, olá Android Silver

2015: tchau Nexus, olá Android Silver

Ou seja, podemos considerar o Android Silver uma evolução do Google Play Edition. Hoje, o Google vende, na Play Store de alguns países, smartphones e tablets com Android “puro”, como é o caso do HTC One, Samsung Galaxy S4, Sony Xperia Z Ultra e LG G Pad 8.3. Eles ainda recebem novas versões do Android dias depois dos Nexus, mas ainda assim são boas opções para quem quer fugir do bloatware das fabricantes.

De acordo com o The Information, o Android Silver estará disponível inicialmente nos Estados Unidos e outros países desenvolvidos, contando com quiosques em lojas para promover os aparelhos e um investimento de mais de 1 bilhão de dólares por parte do Google. Os primeiros frutos do Android Silver devem aparecer em 2015.

Embora alguns aplicativos desenvolvidos pelas fabricantes sejam até úteis, é fato que quase todo mundo ignora bloatwares. No caso da Samsung, uma pesquisa deixou isso mais claro: o ChatON, aplicativo de mensagens da sul-coreana, teve média de uso de apenas seis segundos no mês, contra 11 horas do Facebook e 2 horas do Instagram. Juntos, todos os aplicativos da Samsung tinham média de sete minutos de uso mensal, contra 149 minutos dos do Google.

A ideia é interessante, mas é um pouco decepcionante ver que o rumor fala em smartphones “premium”. Seria bom se tivéssemos também aparelhos mais baratos fazendo parte do tal Android Silver. O Moto G, por exemplo, provou que é possível oferecer uma experiência de uso decente no Android sem cobrar tanto por isso.

Com informações: The Verge.