Início » Arquivos » Comportamento » Pague o quanto quiser por Gaming in Color, documentário sobre a cultura Gaymer no mundo

Pague o quanto quiser por Gaming in Color, documentário sobre a cultura Gaymer no mundo

Avatar Por

Se você for uma pessoa minimamente sincronizada com o mundo, deve conhecer bem as dificuldades de integração que a comunidade LGBT sofre na sociedade atual. No mundo dos jogos, em que predomina o público masculino, a inclusão é ainda mais complicada.

A fim de mostrar a realidade da comunidade LGBT hoje, o documentário Gaming in Color reúne grandes nomes da indústria de jogos em debates e entrevistas sobre a relação do público gay com o nicho. Financiado a partir de uma campanha no Kickstarter, já é possível baixar no melhor esquema “pague o quanto quiser”, diretamente em seu site.

“Temas gays nas histórias e personagens ainda são tratados como anomalias na indústria de videogames convencional. No entanto, a comunidade de jogadores é muito mais colorida do que se pode esperar”, diz a descrição do filme.

Em entrevista ao Polygon, Philip Jones, diretor do documentário, falou sobre o constante crescimento da comunidade ao longo dos anos, afirmando que o direcionamento do documentário é não para a comunidade LGBT, mas sim para quem acha que não é preciso ter personagens gays em jogos. “A comunidade ‘gaymer’ sempre existiu, e só está ganhando força ao longo dos anos. A eloquência dos membros do cast e a demanda de nossos fãs nos mostra que esse filme precisava ser feito, que essa é uma história que merecia ser contada”, disse Jones.

Entre os participantes da gravação, estão George Skleres, engenheiro da Riot Games, a game designer Naomi Clark, e Jessica Vasquez, do GameRevolution.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Roland
?