Início / Arquivos / Internet /

Google pode entrar na onda dos centros de mídia com o Android TV

Renata Persicheto

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

De acordo com uma publicação do The Verge, o Google está planejando o lançamento do Android TV, versão aprimorada, menos pretensiosa e mais possível do Google TV, aparelho lançado em 2010 e que não fez muito sucesso.

aTV2

De acordo com os documentos conseguidos pelo site, a intenção da companhia para com o aparelho é a de produzir algo mais “fluido e rápido”, que, de uma maneira prática e rápida, traga conteúdo de entretenimento para os usuários. “Android TV é uma interface de entretenimento, não uma plataforma de computação”, explica o documento.

Aparentemente, o aparelho não irá muito além da recém-anunciada Amazon Fire TV e da já conhecida Apple TV, porém também será, como o próprio nome indica, baseado no sistema operacional do Google e possuirá uma interface semelhante à do Android em smartphones. As imagens sugerem um layout parecido com o do Google Play, com filmes, shows, aplicativos e jogos dispostos em uma “estante”.

aTV

Bem como na bruxaria tecnológica do Google Now, a intenção da companhia para o aparelho é que seu sistema faça recomendações de programação certeiras para cada usuário, sem precisar abrir um app para encontrar conteúdo. O documento ainda afirma que não deve demorar mais de três cliques para escolher o programa e começar a vê-lo.

O Android TV também aceitará comandos por voz e terá um controle-remoto com botões direcionais para rolar a tela na vertical e na horizontal.

De acordo com o Verge, o Google também já está em busca de desenvolvedores que façam os aplicativos para a novidade, e a palavra de regra é que evitem ao máximo a inclusão de notificações nos aplicativos. Por ora, é possível ver que já existe a prospecção de versões para o Play Movies, Youtube, Hangouts e outros de terceiros, como Netflix, Pandora e Hulu.

Ainda não sabemos quando o aparelho será lançado e, até o momento, o Google se recusou a antecipar qualquer comentário sobre o Android TV.