Arquivos Internet

Microsoft cria fundação para promover software de código aberto

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Embora não seja a primeira vez, para muita gente é estranho pensar na Microsoft se envolvendo com código-fonte aberto, mas a mais recente iniciativa da companhia, a .NET Foundation, visa justamente promover software do tipo com sua tecnologia. De quebra, o primeiro projeto da fundação já está disponível: o Roslyn, compilador para C# e Visual Basic .NET, foi liberado sob uma licença Apache.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (3), segundo dia da conferência para desenvolvedores Build. No evento, a Microsoft explicou que a .NET Foundation deverá atuar principalmente como uma espécie de repositório de projetos abertos baseados em .NET, algo aparentemente similar ao trabalho que a Fundação Apache executa.

O Roslyn poderá dar uma ajudinha neste sentido. Além de gerar executáveis a partir de fontes em C# ou Visual Basic .NET, o programa oferece, por exemplo, APIs que podem facilitar a adaptação do compilador para uso em outras plataformas, o que, em tese, deve atrair mais desenvolvedores.

.Net Foundation

Mas o Roslyn é apenas um de 24 projetos que estão sob o teto da .NET Foundation. Entre os demais, há um kit de desenvolvimento para o Windows Phone e uma API para Hadoop (a ferramenta mais conhecida para projetos de Big Data), por exemplo. Ali também há várias bibliotecas .NET, vale destacar.

Nesta fase inicial, a .NET Foundation será gerida por um grupo que tem entre seus líderes Miguel de Icaza, desenvolvedor que, entre outros projetos, ficou conhecido por ser um dos criadores do ambiente gráfico Gnome.

E esta não é a uma única iniciativa de software aberto tratada na Build 2014: a Microsoft anunciou ainda a liberação da WinJS, biblioteca de códigos em JavaScript, sob a licença Apache 2.0.

Com informações: TechCrunch

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque