Publieditorial

O cartão de crédito está sendo cada vez mais usado para fazer compras online, mas o boleto bancário ainda é o principal método de cobrança para prestadores de serviço e está muito presente no comércio virtual. A ausência dele nas opções de pagamento pode ser motivo de desistência para muitos clientes.

ft-06

No entanto, o boleto costuma ser uma vantagem apenas para o cliente, que ganha uma forma de pagamento segura e prática. O lojista ou prestador de serviço, por outro lado, enfrenta uma série de burocracias: ele precisa procurar o banco para escolher uma carteira de cobrança, realizar testes e passar pela homologação final. Se a conta for de uma pessoa física, o processo é ainda mais complicado.

A ferramenta online Fortunus promete agilizar todo esse processo: após fazer um cadastro rápido, pessoas físicas ou jurídicas podem emitir boletos em menos de um minuto. O Fortunus cobra uma taxa fixa de R$ 3,79 por boleto pago e o valor é disponibilizado em até três dias úteis na sua conta virtual. Depois, basta transferir o dinheiro para uma conta corrente ou poupança de qualquer banco.

O Fortunus também permite acompanhar gráficos e relatórios dos valores recebidos e status das cobranças, assim como a evolução dos recebimentos. É possível cadastrar clientes e itens para agilizar o processo de geração do boleto. Para quem realiza cobranças recorrentes, como alugueis ou mensalidades, a ferramenta permite agendar boletos para intervalos mensais, bimestrais, trimestrais, semestrais ou anuais.

Mais informações sobre o Fortunus estão disponíveis no site oficial.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tauani

Eu utilizo o BoletoFast, uma plataforma simples de usar, tenho a opção de gerar quantos boletos eu desejar e são personalizados com o logo da minha empresa, o sistema possui relatório por status de pagamento e além disso, caso eu desejar, posso encaminhar o boleto ou mensagem para o cliente através de SMS, isto é um diferencial. Há duas versões Fast Ligh e Corporativo, eu optei em utilizar a versão corporativa por ser mais completa e possuir a função de controle financeiro.
Acesse o site e dê uma olhadinha, eles disponibilizam a versão teste para baixar.
http://www.boletofast.com.br/

Empire Holding Ltda

Emita seus boletos pela nossa empresa, cobramos R$ 6,00, por boleto, mais R$ 5,00 para a transferência para a sua conta bancária, pessoa física ou jurídica, entre em contato:
[email protected]

Nathally Canario
eu ultilizo o boleto fast , ele é rapido , simples emuito facil de usarr , você pode emitir boletos para quantos clientes desejar . Eles tem 4 versões e 3 delas são pagentos unico dando ainda 6 meses de atualização . veja o blog deles :http://www.boletofast.com.br/blog/ aproveita e faça o teste do sistema http://www.boletofast.com.br/
juca bala
qual erp que faz o mesmo???
juca bala
sem duvida :D
Pablo Freitas
Engraçado é que esse Fortunus utiliza a tecnologia do GerenciaNet (ta la no rodapé) e ainda usou os mesmos dados do GerenciaNet pra fazer propaganda (7 anos, + de 1 milhão de pagamentos feitos...)
Wesley Caribe
Interessante, mas aconselho uma breve pesquisa da empresa no Reclame Aqui.
Gabriel Dos Anjos
Vai por mim que tá barato. No Itaú te cobram R$ 6,00 por boleto acatado (Off-line). Se for on-line é por boleto emitido!
Anderson Luiz Mendes Matos
Gabriel, as taxas variam de banco pra banco. Vale a pena conferir (e tentar negociar).
Anderson Luiz Mendes Matos
Eu só acho que a reportagem poderia ter investigado mais. - Existem outros projetos potencialmente idênticos a este. - Alguns ERPs fazem o mesmo. Nem todos exigem a burocracia comentada. - Boleto bancário só existe no Brasil (ou seja: nada de exportar). Pra mim, isso tá parecendo reportagem patrocinadíssima.
Anderson Luiz Mendes Matos
Ok Sergio Fagundes. Vou explicar isso pros meus clientes e dizer que o dinheiro que está caindo na conta deles (e na minha!) não deveria ter entrado. ;)
Anderson Luiz Mendes Matos
Adriano Dos Santos Fato.
Anderson Luiz Mendes Matos
Sergio Fagundes você não entendeu. Desculpa. Vou tentar ser mais claro, ok? O Fortunus já possui contas pré-homologadas. Eu tenho um CRM/ERP comercializado com um módulo de cobrança embutido, similar ao ContaAzul. No módulo de cobranças do meu CRM/ERP eu dou ao cliente duas opções: 1. Emitir com uma conta pré-homologada (MINHA empresa) 2. Cadastrar uma conta própria (convênio direto SEU com o banco). Então, pra primeira parte da sua resposta, onde você fala "mesmo que o ERP tenha essa função ainda precisa ser homologada sua carteira de cobrança com o banco" você erra por dizer que todos os ERP's precisam disso. Eu ofereço a exata mesma funcionalidade do Fortunus, igualzinho igualzinho. Assim como vários outros ERP's, acho que inclusive o próprio Conta Azul, se não me falha muito a memória. Ok? Mas de todas as formas, você também está equivocado sobre a homologação sendo obrigatória para receber as cobranças. Estabelecer um convênio com o banco? Sim, obrigatório. Homologar (aquele processo de enviar 9 ou mais cobranças, dependendo da carteira, para o gerente e tudo mais....)? Não necessariamente. Não vou contestar se o banco diz que é ou não. Por isso a reportagem fala que é obrigatório... Estou afirmando, categoricamente, que na prática, apenas em casos raros que é, embora seja um respaldo adicional contra qualquer falha, tanto pro cliente final quanto pro fornecedor de software. Te dou dois exemplos, de vários, em um segmento que minha empresa atua há bastante tempo: Sindicato de trabalhadores, cerca de 12.000 associados na grande BH, 10.000 cobranças/mês e NUNCA homologou. 6 anos e 1 mês de contrato. Federação de profissionais liberais, cerca de 20.000 associados, quase 18.000 cobranças/mês e mais de 60.000 só no mês de janeiro, sem homologação. 5 anos e 8 meses de contrato. Eu acho que se eles não estivessem recebendo as cobranças, já teriam notado, não? Homologar é um processo, basicamente, de teste, realizado pelo banco. Apenas no Santander que é feito uma etapa adicional da mudança no sistema entre ambientes de teste e produção, e apenas para algumas determinadas carteiras. Nos demais bancos, ele se divide em duas etapas: 1. Conferência manual, etapa que depende demais do humor do homologador, infelizmente, mas é assim. Nessa etapa, basicamente, os textos, o formato, tamanhos, cores e sua paciência são conferidos. 2. Conferência automática, etapa onde a cobrança passa em um leitor para conferir o código de barras e um digitador informa a linha digitável. Essa etapa verifica se os dígitos conferem, se o convênio existe, se a agência está correta, dentre outros. No fim de tudo, é apenas uma simples conferência dos campos presentes nas cobranças. Bem vindo ao mundo da burocracia.
vin.maciel
Obrigado, mas só não entendo porque este custo simplesmente não aparece no site do Fortunus ???!!?!!! Será que estas transferências serão feitas através do Gerencianet ? No site do Gerencianet descobri o valor de R$ 5,00 para transferência (se for para BB ou Santander o valor é gratuito). Eu mandei um e-mail com algumas dúvidas, vamos ver se eles me respondem.
Sergio Fagundes
Anderson Luiz Mendes Matos , tenta emitir um boleto sem haver uma empresa homologada para certificar ele e vamos ver quando você vai receber esse boleto...
Exibir mais comentários