A MtGox, maior casa de câmbio de Bitcoins antes de entrar com pedido de proteção contra falência e sumir com o dinheiro virtual dos clientes, publicou um comunicado informando que encontrou uma antiga carteira com exatamente 199.999,99 BTC, que valeriam o equivalente a aproximadamente 300 milhões de reais. Até então, acreditava-se que todo o dinheiro havia sido roubado por hackers que se aproveitaram de uma brecha de segurança.

De acordo com a MtGox, os 200 mil Bitcoins estavam em uma antiga carteira que não era usada desde junho de 2011 e era tida como vazia. A descoberta foi feita no dia 7 de março, uma semana após a empresa ter entrado com pedido de falência e verificado todas as carteiras novamente. No último sábado (15), as moedas foram armazenadas offline por questões de segurança.

Bitcoin_2

Com a descoberta, a MtGox passa a ter aproximadamente 202 mil BTC em caixa. Dessa forma, quem tinha dinheiro na casa de câmbio passa a ter uma esperança maior de recuperar ao menos parte do montante. Mas ainda não há muito o que festejar: cerca de 650 mil BTC ainda estão desaparecidos e ninguém sabe exatamente o que aconteceu com eles, nem para onde foram parar.

A página da MtGox foi aberta nesta semana para que os clientes possam verificar quanto dinheiro tinham em suas contas antes do sumiço misterioso, mas ainda não é possível fazer nenhuma transação. Uma mensagem diz que “a confirmação do saldo é fornecida neste site apenas para a conveniência de todos os usuários”.

No início do mês, a Forbes divulgou informações de um grupo de hackers que acusava a MtGox de fraudar os usuários. Eles afirmavam que a empresa ainda possuía 951.116 BTC em caixa, saldo mais que suficiente para pagar todos os usuários. O fato da MtGox ter “achado” Bitcoins aumentou as suspeitas de que a casa de câmbio possui mais dinheiro do que relata ter, mas nenhuma acusação foi provada até o momento.

Com informações: Wall Street Journal.