Há alguns anos, passava dias e dias jogando um clássico joguinho multiplayer com meus amigos, um tal de Soldat. Era um jogo baseado em partidas estilo Unreal Tournament, onde o objetivo era matar os adversários e comemorar. Simples e divertido.

Strike Force Heroes 2 é basicamente Soldat no seu browser, um sidescroller shooter cheio que requer habilidade no teclado e no mouse, com direito a partidas rápidas ou uma campanha surpreendente com missões variadas e desafiantes.

Primeiro, aprenda os controles: WASD para se movimentar, barra de espaço para pular, Q troca entre arma primária e secundária e R recarrega. Para atirar, basta mirar com o mouse e apertar o botão esquerdo. Sem segredo nenhum, você já deve ter feito isso um milhão de vezes. Sabendo como controlar seu soldado no campo de batalha, é só partir para a ação e matar uns inimigos para ganhar experiência e evoluir cada uma das classes.

[swfobj src=”https://files.tecnoblog.net/wp-content/uploads/2014/03/strikeforceheroes2.swf” width=”600″ height=”450″]

Sim, o jogo possui classes! E você pode melhorar cada uma delas de acordo com a experiência que ganha em cada partida. Funciona praticamente igual em Battlefield: cada classe é especialista em uma habilidade e pode carregar diferentes tipos de armas. Escolha a classe que mais se adapta ao seu estilo de jogo para vencer cada uma das missões ou simplesmente derrotar o time inimigo em algum dos modos em Custom Game. Há uma variedade gigantesca de armas á sua disposição, basta conseguir dinheiro o bastante para comprá-las. Então, se quiser o equipamento realmente bom, terá que se esforçar, soldado!

É possível passar o dia inteiro aumentando as habilidades de cada uma das classes de Strike Force Heroes 2. Talvez o único problema seja mesmo a falta de um modo online, para jogar com os amigos do trabalho depois do horário de almoço. Seria épico. Posso até ver meu chefe xingando todo mundo pela gritaria.

Se o jogo estiver lento, é possível alterar diversas configurações que melhoram seu desempenho nas opções – às vezes, sacrifícios devem ser feitos.