Início » Arquivos » Computador » Nvidia anuncia GPUs GeForce GTX 800M para notebooks durarem mais tempo longe da tomada

Nvidia anuncia GPUs GeForce GTX 800M para notebooks durarem mais tempo longe da tomada

Paulo Higa Por

Você pode até ter um notebook com boa GPU para jogos, mas dificilmente conseguirá passar mais de uma ou duas horas se divertindo com um game pesado quando estiver longe de uma tomada. A Nvidia quer amenizar esse problema com as novas GPUs GeForce GTX 800M para notebooks, que suportam uma tecnologia chamada Battery Boost, para diminuir o consumo de energia enquanto a máquina estiver funcionando na bateria.

A ideia do Battery Boost parece tão simples no começo que é até estranho a Nvidia não ter feito isso antes: quando o notebook não estiver conectado a uma tomada, um software trata de diminuir a taxa de quadros do jogo para um valor definido pelo usuário. Dessa forma, caso seu notebook seja capaz de rodar um jogo pesado a 50 fps, ele será automaticamente limitado a 30 fps, por exemplo. A GPU será menos exigida e, consequentemente, o consumo será menor.

nvidia-geforce-battery-boost

Mas limitar a taxa de quadros não é a única otimização: o software monitora todo o sistema, incluindo a atividade do processador e da RAM, e pode inclusive alterar a qualidade gráfica dos jogos. Com o Battery Boost, a Nvidia diz que a autonomia do notebook pode dobrar. Em um exemplo com Borderlands 2, um notebook com GeForce GTX 860M durou 1h26min nas configurações normais, passando para 1h47min ao limitar a taxa de quadros e 2h11min com o Battery Boost.

As GeForce GTX 800M continuam com a tecnologia Nvidia Optimus das gerações anteriores. Isso significa que, se você não estiver rodando nada pesado, como um jogo ou um software de renderização 3D, apenas a GPU integrada estará operando, enquanto a GPU dedicada da Nvidia, que consome bem mais energia, permanecerá desativada.

nvidia-geforce-notebooks

Quatro modelos compõem a família GeForce GTX 800M (ou cinco, dependendo da sua interpretação). A mais poderosa é a GeForce GTX 880M, que ainda é baseada na arquitetura Kepler, possui 1.536 núcleos e até 4 GB de memória GDDR5 de 2.500 MHz. Alguns fabricantes vão lançar notebooks com duas dessas, o que gera algumas combinações curiosas: uma das máquinas da Avell, por exemplo, pode ser montada com 8 GB de RAM e 8 GB de memória de vídeo (!).

A GeForce GTX 860M possui duas versões: uma terá 1.152 núcleos Kepler a 797 MHz, enquanto a outra será baseada na nova arquitetura Maxwell e virá com 640 núcleos a 1.029 MHz. São até 2 GB de memória GDDR5 de 2.500 MHz. Em relação à antiga GeForce GTX 760M, da geração anterior, o aumento de desempenho foi de aproximadamente 40%.

Estas são as especificações completas da série GeForce GTX 800M:

especificacoes-geforce-gtx-800m-tabela

Entre as fabricantes que lançarão notebooks com as novas GeForce GTX 800M estão a brasileira Avell e a MSI. Mais informações podem ser encontradas neste post do blog da Nvidia.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André Mascarenhas
A placa Geforce 860m compartilha sua memoria de video?
Elderlan Souza
E aqui tem um artigo na SLI Zone falando a repeito http://www.nvidia.com/object/slizone_ask_mmm013.html. Quando eu estava montando minha maquina eu li algo a repeito, e isso me fez optar por uma GTX680 de 4GB ( a quadro K6000, que seria ideal custa quase o meu PC inteiro..), visto que nas aplicações que utilizam GPU para renderização ou processamento de efeitos visuais (Uso 3Ds Max, Mari, Premiere Pro, Davince Resolve) a cena é totalmente carregada na memoria de vídeo para processamento via CUDA. Então, o tamanho da cena (texturas, polígonos, shaders) é limitado pela quantidade de VRAM.
Daniel Santos
Duas coisas diferentes, jovem gafanhoto. Você sempre conta o total somando a memória em cada placa. A questão é que as placas NÃO COMPARTILHAM memória.
Elderlan Souza
No site da Nvidia diz que não.. "When I configure two graphics cards in SLI mode, do the graphics cards work together to create double the memory size? No. In SLI mode, each graphics card uses its own frame buffer memory to render a 3D application. The operating system will report a graphics card frame buffer memory size that is found on a single graphics board." http://www.geforce.com/hardware/technology/sli/faq#c26
Paulo Higa
Elderlan Souza Hmmm, vou verificar (a tabela da Nvidia lista notebooks com 6 GB e 8 GB de memória GDDR5). Valeu pelas informações. :-)
Paulo Higa
Tanto o processamento quanto a memória é somado. No próprio blog da Nvidia tem alguns exemplos de configurações. ;-)
Elderlan Souza
Só uma observação.. Eu acho que memória de vídeo não é somada no SLI.. um notebook com duas GTX880M tem tecnicamente o dobro do poder de processamento, mas não de memória. Então ele vai ter 4GB de video e 8GB de RAM, assim como um sem SLI.