Início » Arquivos » Gadgets » Financie isso: com o AgIC Print, você poderá criar placas de circuito em impressoras a jato de tinta

Financie isso: com o AgIC Print, você poderá criar placas de circuito em impressoras a jato de tinta

Emerson Alecrim Por

Demonstração do AgIC

Quem possui conhecimentos razoáveis de eletrônica e afins sabe que fazer placas de circuito impresso não chega a ser difícil, mas dá trabalho. O AgIC Print, projeto que iniciou uma campanha no Kickstarter nesta semana, quer que você supere esta limitação imprimindo placas de circuito com uma impressora inkjet.

O elemento-chave da iniciativa é o uso de uma tinta especial composta por nanopartículas de prata que, como tal, é capaz de conduzir eletricidade. A ideia não é inédita: uma empresa de nome Electroninks conseguiu financiar uma caneta com finalidade semelhante no final do ano passado.

O uso de impressoras também não é novidade: em fóruns e sites especializados dá para encontrar tutoriais que ensinam a usar impressoras a laser ou mesmo inkjets para criar as placas. O diferencial do AgIC Print é que a ideia é explorada de maneira mais profissional e organizada, diminuindo as chances de erros.

Outra vantagem é o custo-benefício: impressoras à jato de tinta são baratas e praticamente qualquer modelo pode ser utilizado no projeto. Você até pode aproveitar uma impressora usada, mas esta opção tem que ser estudada com cuidado porque resquícios de tinta convencional podem se misturar ao material condutivo.

Na prática, o AgIC Print é um kit cujos itens variam conforme o pacote escolhido. O mais completo deles inclui os materiais para inserir a tinta condutiva em cartuchos, além de transistores, LEDs, chips, baterias e papéis revestidos próprios para este tipo de impressão.

Adaptar a impressora faz parte da diversão, mas quem não quiser ter este trabalho pode adquirir um kit de US$ 499 dólares que inclui uma inkjet já preparada para imprimir circuitos.

Placa impressa em inkjet

Por que é legal? Porque você pode utilizar uma impressora convencional para imprimir suas placas de circuitos.

Por que é inovador? Os circuitos são impressos em tinta condutiva de secagem rápida e funcionam em papel para impressão de fotos. Logo, dá para criar coisas bastante interessantes sem perder muito tempo.

Por que é vanguarda? Porque se desvencilha de toda a trabalheira que dá a construção de placas de circuito tradicionais.

Vale o investimento? Os kits custam a partir de US$ 19, sendo que os mais completos, que incluem a tinta, têm preço mínimo de US$ 299. É um investimento relativamente alto, mas compensa se você é adepto do assunto.

Se a campanha vai dar certo? Pode apostar que sim: a meta é de US$ 30 mil, mas a arrecadação já havia superado US$ 26 mil nesta quinta-feira, faltando ainda 26 dias para o seu encerramento.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

EFG
Hm... circuitos maleaveis... :D
Carlos Davi Marques
Potencialmente, isso é uma revolução tão grande quanto impressoras 3D. Maior ainda se usarmos as duas juntas!