Início / Arquivos / Celular /

Startup promete app que avisa de perigos quando você estiver com fones de ouvido

Emerson Alecrim

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Uma das certezas que temos na vida é que não é nada recomendável andar pelas ruas escutando música com fones nos ouvidos, especialmente em grandes centros urbanos. Mas, para a alegria daqueles que não abrem mão desta prática, uma startup norte-americana chamada One Llama está trabalhando em um aplicativo que promete alertar os usuários com fones dos perigos não percebidos.

De nome Audio Aware, a ferramenta será baseada em uma tecnologia que a empresa chama de “ouvido artificial”. No ouvido humano, os sons são captados e identificados a partir da vibração que geram nos cílios das células auditivas. O tal ouvido artificial é um sistema que faz a mesma coisa, só que baseado em um banco de dados composto por padrões digitais para medição do áudio.

Usando o microfone existente no smartphone ou embutido aos fones, esta tecnologia será capaz de identificar os sons que nos põem imediatamente em alerta, como buzinas, vidro quebrando, funk, freadas de carros e sirenes.

fones_perigo

A partir daí, há várias possibilidades: o aplicativo pode anular imediatamente o áudio que o usuário escutava pelos fones ou executar uma gravação similar ao do som identificado para garantir que a pessoa seja mesmo avisada, por exemplo.

O Audio Aware poderá ainda se conectar aos servidores da empresa para atualizar a sua base de sons ou remeter áudio capturado, mas irreconhecível para posterior identificação, como sirenes que são usadas somente em determinados países.

É claro que ninguém deve confiar plenamente a sua segurança a tecnologias como esta. A própria One Llama reconhece que o Audio Aware não é à prova de falhas, embora a empresa espere que o software se torne mais preciso à medida que aprende a reconhecer os sons.

O Audio Aware é inútil, então? Não, o app está mais para uma proteção adicional aos distraídos de plantão e, eventualmente, poderá servir como auxílio para pessoas que apresentam algum nível significativo de deficiência visual. Promover a ideia também é um objetivo: a One Llama espera conseguir licenciar a sua tecnologia a outras empresas, especialmente fabricantes de smartphones e dispositivos wearables.

O aplicativo deverá ser lançado já no mês que vem, inicialmente para Android.

Com informações: MIT Technology Review