Uma semana antes do início da Mobile World Congress, a LG anunciou a terceira geração de smartphones da linha L, que engloba dispositivos de entrada e intermediários. São três aparelhos, desde o LG L40, um smartphone básico com processador dual-core e 512 MB de RAM, até o LG L90, com tela de 4,7 polegadas e processador quad-core. Todos os modelos já rodam a última versão do Android, o KitKat.

lg-l-iii

O LG L40 é o mais simples dos três. Ele provavelmente será a prova de fogo para vermos se as otimizações feitas pelo Google no KitKat realmente vão fazer a diferença em smartphones mais básicos. O Project Svelte promete reduzir o consumo de memória do sistema e melhorar a forma como os aplicativos funcionam em situações de pouca RAM disponível para evitar travamentos e fechamentos inesperados. O resto do hardware é formado por:

  • Processador: dual-core de 1,2 GHz;
  • RAM: 512 MB;
  • Armazenamento interno: 4 GB;
  • Tela: 3,5 polegadas com resolução de 480×320 pixels;
  • Bateria: 1.700 mAh ou 1.540 mAh, dependendo do país;
  • Câmera: 3 MP (traseira).

No meio do caminho fica o LG L70, um grande avanço em relação ao LG L40: a RAM dobra, a câmera tem sensor com resolução significativamente superior e a tela traz painel IPS. No Brasil, ele provavelmente substituirá o LG Optimus L7 II, que possui características semelhantes e hoje pode ser encontrado por cerca de 600 reais. Estas são as especificações do LG L70:

  • Processador: dual-core de 1,2 GHz;
  • RAM: 1 GB;
  • Armazenamento interno: 4 GB;
  • Tela: IPS de 4,5 polegadas com resolução de 800×480 pixels;
  • Bateria: 2.100 mAh;
  • Câmera: 8 MP ou 5 MP (traseira, dependendo do país) e VGA (frontal).

O topo de linha entre os LG L III, mas que ainda é um intermediário quando consideramos o resto do mercado, é o LG L90. Em relação aos modelos mais simples da linha, ele traz tela maior, mais armazenamento interno e uma bateria que deve gerar uma autonomia boa: são 2.540 mAh. Diferentemente do Optimus L9 II, que vem com um display 720p, a tela do LG L90 tem resolução de 960×540 pixels. A ficha de especificações revela o seguinte:

  • Processador: quad-core de 1,2 GHz;
  • RAM: 1 GB;
  • Armazenamento interno: 8 GB;
  • Tela: IPS de 4,7 polegadas com resolução de 960×540 pixels;
  • Bateria: 2.540 mAh;
  • Câmera: 8 MP (traseira) e 1,3 MP (frontal).

Chama a atenção o fato da LG, em nenhum momento, dizer se os aparelhos possuem ou não entrada para cartão de memória. Está virando tendência os fabricantes abandonarem o slot microSD mesmo em aparelhos mais baratos, que possuem armazenamento interno bastante limitado; esperamos que isso não tenha acontecido também com a linha L III.

Todos os modelos suportam apenas conexões 3G e rodam o Android 4.4 KitKat com as modificações da LG, incluindo os ícones quadrados e aplicativos com skeumorfismo, como visto no G Pad 8.3. Os aparelhos suportarão o Quick Window, uma espécie de capa que deixa parte da tela exposta para exibir notificações de chamadas, por exemplo. Essa capinha já estava disponível para o G2, mas a LG diz que é a primeira vez que ela é vendida para smartphones mid-range.

A LG ainda não revelou os preços dos aparelhos, nem a data de lançamento. Saberemos mais detalhes durante a MWC, que acontece na próxima semana em Barcelona.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Matheus Fellipe Oliveira
Olhe direito Daniel Lucena! o LG G3 tem a resolução melhor do que full hd quase o dobro. Perto disso o " Moto G" e fichinha.
Cleiton Souza
É o seguinte eu comprei o lg l70 muito bom nao ficou nada a desejar a nao ser a resoluçao em hd, mas fora isso é muito rapido nao trava em nemhum momento que eu usei ele travou e um elular de boa qualidade bem idealizado ultra fino, leve e abateria dura um dia todo com uso continuo. eu gostei muito me surpreendeu.
Leonardo Ribeiro
Vinicius Araujo Qualquer um é melhor que os da samsung, pode não ligar mais, eu prefiro o que não liga do que o samsung.
Vinicius Araujo
Aquele menorzinho dá cinco tapas na cara indo e voltando na Samsung e seus aparelhos low e mid end que são mais lixo ainda. Mas o Moto G é o rei dos aparelhos de 600 - 1000 com toda certeza.
Eduardo Sá
Bateria de 1540mAh em alguns países - leia-se Brasil.
Artur Benchimol
Atualizar os 'antigos' top de linha que é bom nada
Leonardo Ribeiro
Vai ser um lixo como os outros smarts da empresa. Agora as fabricantes querem fazer smart pra competir com o moto g só que nenhuma vai conseguir superar a motorola.
kantaro
como o título pode dizer que "os smartphones não são tão caros" se a LG ainda não divulgou os preços?
Cgi Rumble
Nenhum me agradou.
jlsan81
o top é menos que o motog de 700 reais. só quero ver os preços.
Victor
Não consigo gostar dos celulares da LG. O Android modificado deles é MUITO feio... até TouchWiz, a da Samsung, é melhor......
Daniel lucena
O topo de linha tem resolução menor que o moto g... mesmo após o aparelho lançado, as fabricantes não aprendem...
Igor Pedronni
Não quero nenhum. Vlw pela intenção LG.
Arthur Vicentini
E eu pensei que a LG tinha abandonado o nome "Optimus" só para as séries G (high-end) e Vu (4:3). Agora é oficial: descanse em paz, nome "Optimus" para aparelhos Android da LG.
@
Um dos pontos fracos do Android: As atualizações não são imediatas e não são para todos os aparelhos.