Desde que o Kindle chegou ao Brasil, em dezembro de 2012, a venda era feita apenas através de lojas como o Ponto Frio e a Livraria da Vila. Não mais: na manhã desta sexta-feira (7), a Amazon começou a vender três modelos do leitor de ebooks em seu próprio site, enviando o produto diretamente ao consumidor. Isso também marca o início da venda de produtos físicos pela Amazon brasileira, que até então só distribuía ebooks e aplicativos.

Os preços são os mesmos praticados pelas outras lojas brasileiras: o Kindle mais simples custa R$ 299, o novo Kindle Paperwhite é vendido por R$ 479 e o Kindle Paperwhite de primeira geração com 3G gratuito sai por R$ 699. A Amazon também começou a vender acessórios, com adaptador de tomada por R$ 79 (ouch!) e capa de couro para o Kindle Paperwhite por R$ 169.

Amazon já aprendeu a vender em 12 suaves prestações sem juros para os brasileiros

Amazon já aprendeu a vender em 12 suaves prestações sem juros para os brasileiros

Assim como acontece na loja norte-americana, caso o usuário compre o Kindle diretamente na Amazon brasileira, o aparelho virá pré-registrado com a conta do usuário. Então, assim que você ligar o Kindle pela primeira vez, terá acesso ao conteúdo comprado anteriormente e poderá adquirir novos livros imediatamente. Nos EUA, a Amazon faz isso não apenas com os leitores, mas também com os tablets Kindle Fire.

Com o início da venda do Kindle, a Amazon brasileira também ganhou recursos típicos de lojas virtuais, como a possibilidade de adicionar um produto a uma lista de desejos, que pode ser pública ou privada. Também dá para enviar um produto como presente: no caso do Kindle, caso a opção seja marcada, o aparelho virá em uma caixa sem a marca da Amazon e sem a conta pré-registrada.

Como quase toda grande empresa, a Amazon não comenta planos futuros e não informou quando (ou se) pretende vender outros produtos físicos no país. Mas dá para dizer que preparar o site brasileiro e firmar parcerias com outras empresas de logística para armazenar e enviar o Kindle para todo o Brasil já é um bom primeiro passo.

Com informações: Reuters.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

tote_silva
E cadê o Kindle Fire?!
Rafael Silva
Que a Amazon venha com peso ao Brasil na questão de produtos... Pena que preço já posso considerar caso perdido...
Pedro Maich
Seria bom se começasse a sair os livros técnicos em português.
Carlos Alex
Mas eu achava que já vendia Kindle na loja brasileira. As demais coisas não vendia mesmo.
RamonGonz
Interessante. Se alguem comprar podia postar aqui comentando a experiencia...