Início » Arquivos » Internet » Google usará Knowledge Graph para exibir descrições rápidas de sites nas buscas

Google usará Knowledge Graph para exibir descrições rápidas de sites nas buscas

Por

Nesta semana, o Google começou a incluir uma pequena, mas interessante novidade em seu mecanismo de busca: descrições um pouco mais detalhadas dos sites que aparecem nos resultados graças ao melhor aproveitamento das informações do Knowledge Graph.

Para quem não sabe, o Knowledge Graph é uma base de dados dinâmica que começou a ser utilizada oficialmente pela empresa em 2012. O objetivo inicial foi o de permitir ao usuário obter determinadas informações sem ter que sair das páginas de resultados, mas a base também atende a vários outros serviços, entre eles, o Google Now.

Nesta implementação em específico, a ideia é a de que usuário possa saber rapidamente que instituição ou pessoa, conforme o contexto, está por trás de determinada página antes de efetivamente acessá-la. Tudo o que é necessário fazer é clicar no nome do site que aparece ao lado de seu endereço. A descrição surgirá em uma pequena janela logo abaixo.

Descrição de site no Google

Com a funcionalidade, o Google espera ajudar o usuário a encontrar informações mais confiáveis. Ao fazer uma pesquisa sobre um fato histórico, por exemplo, é bastante provável que o site do departamento de história de uma universidade forneça dados mais precisos.

É possível que o recurso ajude também o usuário a escapar de páginas perigosas ao pesquisar por temas costumeiramente explorados para a disseminação de malwares.

A disponibilização da novidade está sendo feita aos poucos, cobrirá apenas as buscas feitas em desktops (ao menos no início) e não funcionará para todo e qualquer site. No comunicado oficial, Bart Niechwiej, engenheiro de software do Google, explica que estas descrições surgirão quando páginas notoriamente reconhecidas aparecerem nos resultados ou quando o mecanismo entender que a informação pode ser útil ao usuário.

Ah, sim: as descrições também deverão aparecer com mais frequência à medida que a base de dados do Knowledge Graph aumentar.