Início » Arquivos » Brasil » Sony Xperia C, Android intermediário com tela de 5 polegadas, chega ao Brasil por R$ 999

Sony Xperia C, Android intermediário com tela de 5 polegadas, chega ao Brasil por R$ 999

Por

O Sony Xperia C, um Android intermediário de tela grande que suporta dois SIM cards, entra em pré-venda no Brasil nesta sexta-feira (17). A Sony anunciou que o smartphone será vendido inicialmente na loja online da empresa, com preço sugerido de R$ 999. Com essas características, este é claramente um concorrente a aparelhos como o Galaxy Gran Duos.

sony-xperia-c

A tela TFT LCD do Xperia C tem 5 polegadas e resolução de 960×540 pixels, o que não é muito, mas também não é ruim: são 220 pixels por polegada. A Sony também colocou um processador básico da MediaTek com quatro núcleos Cortex-A7 de 1,2 GHz e GPU PowerVR SGX544. Há 1 GB de RAM, 4 GB de armazenamento interno (com entrada para microSD de até 32 GB) e bateria de 2.390 mAh. O Android é o 4.2 Jelly Bean.

Ele tem algumas características de design de outros aparelhos da Sony, como o LED de notificações parecido com o do Xperia ZQ, além do botão liga/desliga e do aro em volta da lente da câmera feito de alumínio. A tampa traseira é removível e dá acesso aos slots dos SIM cards e do cartão de memória, mas a bateria é fixa, como no Xperia SP.

sony-xperia-c-traseira

A Sony diz que o Xperia C é um bom smartphone para fazer selfies. Mas, diferente do que fizeram alguns fabricantes, como a Huawei, que colocou uma câmera frontal de 5 megapixels, a Sony manteve a resolução VGA na frente e deixa o usuário tirar autorretratos com a câmera traseira de 8 megapixels com sensor Exmor R, uma versão anterior do Exmor RS, que equipa os aparelhos mais caros da Sony. Para tirar a foto, o aparelho guia o usuário por voz.

O Xperia C começa a ser vendido hoje na Sony Store Online, apenas nas cores preta e branca, por R$ 999.

Atualização às 12h26: Poucos minutos após a publicação desta notícia, a Sony enviou uma errata à imprensa dizendo que o preço do Xperia C é R$ 999, não R$ 899. O texto foi atualizado para corrigir essa informação.