Início / Arquivos / Celular /

Rumor do dia: estas screenshots sugerem que o Android da Nokia mais parece um Windows Phone

Paulo Higa

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O Normandy, suposto smartphone de baixo custo da Nokia com Android, está sendo cada vez mais detalhado nos vazamentos. Desta vez, o @evleaks, que possui um bom histórico de acertos, publicou mais screenshots que mostram como será a interface. Confirmando o pouco que vimos anteriormente, dá para perceber que praticamente não há traços do Android ali. Na verdade, o Android da Nokia mais parece um Windows Phone.

A possível interface do Android da Nokia mostra vários ícones dentro de blocos, o que nos lembra as Live Tiles do Windows Phone. Alguns dos ícones e cores são idênticos aos adotados pelo sistema operacional da Microsoft. Mas a interface provavelmente será mais limitada: com exceção dos blocos de calendário e galeria de fotos, eles parecem ser estáticos, diferente do Windows Phone, que mostra informações dinâmicas dentro das Live Tiles.

android-windows-phone-nokia

Uma olhada na tela inicial revela alguns aplicativos de terceiros, como Vine, Facebook, BBM, Viber, Opera e WeChat, com os ícones das versões para Android. No entanto, a existência de um ícone personalizado para a loja pode indicar que o aparelho não virá com o Google Play, algo semelhante ao que a Amazon faz nos tablets Kindle Fire, que oficialmente só permitem a compra de aplicativos através da Amazon Appstore.

A tela do lado direito mostra o que parece ser uma central de informações que lembra o Fastlane dos Nokia Asha: há notificações do Skype e Facebook, lembretes de compromissos, mensagens recebidas recentemente e chamadas perdidas. Considerando que estamos falando de um aparelho de baixo custo, é até esperado que o sistema traga alguns dos recursos presentes na linha Asha.

nokia-normandy-android

De acordo com o The Verge, o Normandy deverá ter tela de 4 polegadas, processador Snapdragon S4 da Qualcomm, câmera de 3 megapixels, 4 GB de armazenamento interno (com entrada para cartão de memória) e apenas 512 MB de RAM. Além de rodar uma versão bastante modificada do Android, ele deve trazer alguns dos produtos da Nokia, como o Here Maps.

Se a Nokia realmente lançar o smartphone de baixo custo com Android (o que é até difícil de acreditar, agora que a empresa foi comprada pela Microsoft), é provável que algo seja anunciado em Barcelona, durante a MWC 2014, que acontece na última semana de fevereiro.