Se você achava que Dogecoin era zoeira demais para ser levada muito a sério, aqui vão mais duas moedas virtuais que entram em circulação em janeiro e também são inspiradas em ícones da cultura pop, por assim dizer: uma é a Coinye e a outra é a Norris Coin.

A primeira parodia o nome e o rosto do rapper Kanye West e surgiu meio sem querer numa conversa entre seus sete criadores. Mas, por conta disso, eles já receberam cartinhas dos advogados de Kanye.

coinye

Eles enviaram um pedido de desistência para a Coinye e acusam seus criadores de infringimento de marca registrada e cyberpirataria (?), entre outras coisas, e ameaçam levar o caso aos tribunais. Só que os responsáveis pela Coinye, como costuma ocorrer com moedas virtuais, protegem suas identidades e se identificam apenas como “alguns caras que querem levar moedas criptografadas para o mainstream”.

Um deles, que atende por Coinyewest, disse que já foram feitas algumas das mudanças sugeridas pelos advogados, incluindo a eliminação do “West” do nome da moeda. Ele ainda acredita que a intenção do rapper é roubar a ideia deles, pois foi pedido que o domínio fosse transferido, não apenas que desistissem da Coinye.

Para dificultar o avanço dos advogados com o processo, a moeda, que seria lançada só no dia 11, teve sua data alterada para ontem. Mas, se rappers encrenqueiros não são muito o seu tipo, dá para esperar até o dia 14 pelo lançamento da Norris Coin, inspirada no ator Chuck Norris.

norris

Ela é bem menos popular, pelo menos por enquanto, e ninguém sabe quem a criou nem por que o Chuck Norris foi a celebridade escolhida. Mas o site dá algumas informações técnicas sobre sua mineração: haverá, no total, 180 milhões de Norris Coins, e o tempo inicial de mineração por bloco é de um minuto, com cada bloco rendendo 450 Norris Coins.

Apesar do tom de piada inevitável, tem um lado bem positivo no surgimento de moedas criptografadas com nomes de famosos: fica bem mais fácil de popularizá-las entre quem tem pouco contato ou interesse em economia ou tecnologia, pelo menos para que saibam que isso existe e está crescendo numa velocidade bem rápida. Se você também não está muito por dentro, vale dar uma olhada nos nossos posts destrinchando a Bitcoinparte 1 e parte 2. 😉

Com informações: Ars Techcnica

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Danilo Dugoni
virtualcoinsbr.blogspot.com.br
wilson
e quanto estao valendo quando uma delas hoje?
portela.thiago
Até agora, não enendo esse processo de "mineração" de bitcoins (Coinyes, Norris coin, etc etc etc). É dinheiro que surge apenas por processamento de dados? ´"Só" isso?
@
pronto, agora virou zuera