Início / Arquivos / Internet /

Facebook anuncia alterações no algoritmo: mais notícias, menos memes

Paulo Higa

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O Facebook anunciou ontem que está fazendo alterações no algoritmo responsável por selecionar os posts que surgem no seu Feed de Notícias. A intenção é aumentar o nível do conteúdo exibido na página principal da rede social: “artigos de alta qualidade” sobre fatos recentes ou de interesse do usuário serão privilegiados, enquanto memes aparecerão menos.

A notícia chega pouco mais de três meses após o Facebook revelar que fez uma pesquisa com um grupo de pessoas para que avaliassem o conteúdo que viam na rede social, com perguntas como “você confia na fonte desta informação?” e “você consideraria esta uma postagem de baixa qualidade ou um meme?”. Com base nas respostas, o Facebook criou um algoritmo que avalia mais de mil fatores para determinar a qualidade do conteúdo.

Agora, além de considerar a qualidade do conteúdo, o Facebook analisará a frequência de cliques que os artigos recebem em dispositivos móveis, o que também significa que você “começará a notar links para artigos mais frequentemente”, principalmente nos smartphones e tablets, de acordo com o Facebook. Após ler a notícia, a rede social mostrará até três artigos relacionados diretamente no Feed de Notícias. Assim, ó:

facebook-noticias

Mas se o Facebook analisar a quantidade de cliques, então os memes que estiverem hospedados em outros sites e tiverem muitos acessos terão prioridade no Feed de Notícias? Não exatamente: o Facebook diz que “em breve” conseguirá distinguir melhor entre um artigo de alta qualidade dentro de um site e um meme hospedado em um servidor externo. Assim, fotos de memes terão destaque “um pouco menor”.

Em complemento ao aumento da quantidade de notícias no Facebook, haverá alterações para aumentar as discussões. Artigos não muito recentes que forem comentados por seus amigos voltarão a aparecer ocasionalmente no topo do Feed de Notícias. O Facebook diz que fez testes com sucesso com “apenas um pequeno número de histórias”, então isto não deve causar aquela estranha sensação de “já vi isso antes”.