Início » Arquivos » Negócios » Rumor do dia: Stephen Elop não é mais um dos favoritos para o cargo de CEO da Microsoft

Rumor do dia: Stephen Elop não é mais um dos favoritos para o cargo de CEO da Microsoft

Emerson Alecrim Por

Desde que Steve Ballmer anunciou a sua aposentadoria, Stephen Elop tem sido apontado como o mais provável novo dono do posto de CEO da Microsoft. Mas, de acordo com uma matéria publicada nesta quinta-feira pela Bloomberg, o ex-chefão da Nokia já não é um nome tão forte assim para o cargo – se é que um dia foi.

A informação teria sido dada ao veículo por uma fonte próxima do conselho administrativo da Microsoft que pediu para não ser identificada. A mesma pessoa apontou que, atualmente, os favoritos para substituir Ballmer são Alan Mulally, hoje CEO da Ford Motor, e Satya Nadella, vice-presidente de serviços para empresas e nuvens da Microsoft.

As apostas em torno de Elop se devem não só ao fato de o executivo ter liderado a Nokia desde 2010, como também por, antes de assumir esta última, ter trabalhado na divisão de negócios para o segmento corporativo da Microsoft.

event_ballmerElopNokia_Page

A predileção da Nokia pelo Windows Phone e a recente venda da divisão de dispositivos móveis da companhia à Microsoft são vistas por muita gente como provas de que o vínculo desta última com o executivo nunca se rompeu.

Se isso é verdade, Elop tem méritos expressivos no currículo, o que torna difícil compreender o que motiva a Microsoft a escolher outro candidato. Ao menos, os rumores que descartam Elop como CEO apontam que o executivo será aproveitado em outro posto gerencial.

Por ora, a única certeza que se tem é que o novo CEO da Microsoft, seja ele quem for, terá uma série de desafios cabeludos pela frente, como fazer com que a companhia ocupe uma posição tão expressiva no mercado móvel quanto o faz no cada vez mais fraco segmento de PCs.

É por isso, provavelmente, que a Microsoft não quer esperar muito mais. A fonte ouvida pela Bloomberg afirmou também que a companhia quer definir o novo CEO no máximo até o início de 2014, embora Bill Gates, ao término da última reunião do conselho administrativo, no dia 18 deste mês, tenha evitado falar em prazos. Enquanto isso, continue com as suas apostas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

portela.thiago
Nossa... quanta bobagem...
Walter Hugo Nishida Xavier da Silva
Amém! Eu já tava torcendo mais pra esse cara não virar CEO da Microsoft do que pro meu próprio time! Ele é o típico executivo babaca que só quer saber de valorizar ações no curto prazo para agradar acionistas. Mas destrói empregados e a empresa no longo prazo. Espero que consigam alguém com um pouco mais de visão de mercado como a Marissa Mayer (que agrada os acionistas mas que toma ações voltadas ao crescimento futuro). O Elop é tão ridículo que se ele fosse CEO do Google em 2001, o teria vendido para o Yahoo ou o Altavista.
Fer
ALELUIA, ALELUIA!!!!
Toloko
Pelo menos o xboca ainda viverá...
Alexandre Salau
Pra Apple
Guilherme MacLeod
Capaz de Elop vender a Microsoft :P