Início / Arquivos / Aplicativos e Software /

Alunos e professores da rede estadual de ensino de São Paulo terão acesso gratuito ao Google Apps

Emerson Alecrim

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Um acordo firmado nesta quarta-feira (27/11) entre o Google Brasil e a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo levará o programa Google Apps for Education para mais de 4,3 milhões de alunos da rede estadual de ensino, além de aproximadamente 300 mil professores e funcionários destas escolas.

O Google Apps for Education é composto por versões customizadas de ferramentas já bastante conhecidas do Google, como Gmail (com 25 GB de espaço), Drive (incluindo aí as ferramentas de edição de texto e planilhas, por exemplo), Hangouts e Calendar. A principal diferença em relação às demais opções do Google Apps é que a versão educacional é gratuita.

Por esta razão, o programa é utilizado por instituições de ensino de vários países, especialmente dos Estados Unidos. Mas o Google reconhece que esta é a primeira vez que o Google Apps for Education atenderá a uma quantidade tão grande de usuários.

Fábio Coelho, presidente do Google Brasil (à esquerda), o governador Geraldo Alckmin e Rosania Morroni, subsecretária da Secretaria de Educação - Crédito: A2 Fotografia / Gilberto Marques

Fábio Coelho, presidente do Google Brasil (à esquerda), o governador Geraldo Alckmin e Rosania Morroni, subsecretária da Secretaria de Educação

O acordo fechado com o governo de São Paulo prevê também o treinamento de todos os professores dentro de um ano para que estes não só saibam usufruir das ferramentas, como também possam instruir os alunos, fazendo com que estes utilizem o Google Drive para trabalhos colaborativos remotos ou usem o Hangouts para participar de aulas online, por exemplo.

A notícia surge quase um mês depois de o governo de São Paulo ter anunciado um acordo com a Microsoft para o fornecimento gratuito de licenças do Office 365 ProPlus para os mesmos alunos. Se fosse paga, cada assinatura custaria R$ 24 mensais.

Nenhuma das partes deixou claro quando, exatamente, o acesso ao Google Apps for Education terá início. Em relação ao programa da Microsoft, a disponibilização das licenças começa já no próximo mês.