A Locke, empresa brasileira que fabrica relógios de pulso, anunciou hoje um produto mais tecnológico: além de mostrar as horas, o smartwatch da empresa roda Android e pode inclusive fazer ligações telefônicas. Diferente dos relógios lançados recentemente por Samsung e Sony, o smartwatch da Locke tem uma entrada para o chip da operadora e funciona independentemente de smartphones e tablets.

locke-smartwatch

Dentro do relógio, que possui uma pequena tela TFT de 1,54 polegada com resolução de 240×240 pixels, há um processador dual-core de 1,2 GHz, 4 GB de armazenamento interno, 512 MB de RAM e bateria de 400 mAh, além de conexões Bluetooth, Wi-Fi e 3G. Também há uma câmera de 3 megapixels, que estranhamente está localizada na lateral direita do corpo do relógio.

Na pulseira, há um slot para o Micro-SIM. Ele é basicamente um “telefone de pulso”: dá para fazer ligações e enviar mensagens de texto, por exemplo. O Android, que infelizmente ainda é o velho Ice Cream Sandwich, se comporta como num smartphone normal: é possível instalar aplicativos da Play Store, como Instagram, WhatsApp, Twitter e Facebook. Você pode inclusive fazer chamadas em vídeo com o Skype.

locke-smartwatch-3

Só que rodar aplicativos de smartphone num relógio não é exatamente bom. Como a tela é minúscula, as teclas do teclado virtual do Android ficaram absurdamente pequenas, então a digitação foi bem difícil nos poucos minutos em que mexi com o dispositivo. As fontes do sistema ficaram quase ilegíveis; há uma tela que imita as Live Tiles do Windows Phone e mostra atalhos para os aplicativos do sistema de forma mais amigável, mas esta parece ter sido a única adaptação na interface para que o sistema rodasse no relógio.

smartwatch-locke-1

Outro problema é que esses aplicativos, em conjunto com o hardware mais potente em relação aos outros smartwatches, parecem drenar rapidamente a pequena bateria. A Locke não informou exatamente o modelo do processador, então nós fizemos uma pesquisa com base no modelo informado pelo Android (EC308) e descobrimos que se trata de um projeto chinês, usado por várias outras empresas, que possui um SoC dual-core de 1,2 GHz da MediaTek. De acordo com a Locke, a bateria dura até 10 horas em standby e apenas 3 horas em uso.

smartwatch-locke-2

Conclusão: não, este ainda não é o smartwatch que você terá vontade de comprar.

O smartwatch será vendido por 999 reais no site da Locke. Ele entrará em pré-venda em breve, e a empresa afirma que pretende vender 1.000 unidades no primeiro semestre de 2014. No futuro, a empresa planeja montar o relógio no Brasil e vendê-lo em lojas físicas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gabriel Nogueira
Eu tenho um relógio liger smartwatch é preciso saber onde tem assistência técnica pois deu problema no slot onde põem o chip, alguém poderia me informar onde posso mandar para arrumar meu relógio?
Mateus Sousa
Uma lupa passaria a mostrar os pixels, e não as imagens melhor.
Mateus Sousa
Ninguém.
Mateus Sousa
Você vai lá e... "Ah! errei. Ah! De novo! Ah! De novo! Ah! De novo! Ah! De novo! Ah! De novo! Ah! De novo! Ah! De novo! Ah! De novo!..." E assim até você dizer: "Chega!" E jogar o aparelho pela janela. Aí você vai na loja e encontra uma caneta Stylus!
Fábio Netto
Sou bem leigo em tecnologia, mas já estou aqui imaginando o quão maravilhoso deve ser digitar qualquer coisa ou tentar acertar um ícone nessa tela de 1,54 polegadas...
Fer Schio
Há quem vá comprar... Pode ter certeza disso...
portela.thiago
Parece que faltou uma pesquisa para desenvolver uma interface apropriada à tela pequena, mas a idéia de algo independente é boa. Vamos esperar a evolução disso...
Gabriel Aparecido Tinelli Ferrarini
Parece não. É igual, kkk
William Bannach
Try again.
@
Esses ícones aí foram copiados do WP na cara de pau.
Paulo Ricardo
natimorto
Ernâni Machado Alvarenga
Ok, tá mal feito, mas smartwatch é isso aí. É questão de refinarem a coisa pra bateria durar, resolver os problemas de interface, ter uma tela melhor, etc. Mas o básico é agir exatamente como um smartphone, neste ponto a Sony e a Samsung falharam e esse pessoal aí, ao menos, tentou.
Odicesar Santi
Junto vem uma lupa, só pode. Com ícones e fontes minúsculas quem vai usar isso?!
Francisco Mgd
so parece porem é android 4
Eduardo Barreto
Agora, conforme alguem disse no TBcast, poderemos falar com o zordon, quase que literalmente ne! kkkkkkkkkkkkkkk
Exibir mais comentários