A Valve parece estar realmente empenhada em entrar de cabeça no mercado de hardware. Já esperamos para o ano que vem as Steam Machines, máquinas com hardware personalizável voltadas para jogos. Outro passo deve ser dado em direção à realidade virtual: a empresa tem três palestras sobre o assunto marcadas para acontecer durante um evento voltado para desenvolvedores em janeiro.

A primeira, chamada “O que realidade virtual poderia, deveria e certamente será em dois anos”, apresentará como a Valve vê o futuro desta tecnologia quando ela se tornar acessível. A descrição da palestra fala que “este tipo de hardware tem grandes chances de aparecer em breve e a hora de começar a desenvolver para ele é agora”. Inclusive, a empresa fez um protótipo que será mostrado na ocasião e poderá ser testado por alguns participantes sorteados na hora.

Outra, “Realidade virtual e Steam”, reforça a ideia de que, nos próximos anos, jogaremos os títulos da plataforma de uma maneira mais imersiva: ela convida os participantes a conhecer o que a Valve está fazendo para que isso ocorra, com uma conversa sobre como ela pretende adaptar o Steam para VR, na loja, no Steamworks e no Overlay (aquela interface que surge quando você aperta Shift+Tab durante um jogo).

Por fim, “Portando jogos para realidade virtual” falará sobre como adaptar games para essa tecnologia, as dificuldades e melhores maneiras de fazer isso. A palestra será dada por Palmer Luckey, CEO da Oculus, empresa criadora do Rift, aquele óculos de realidade virtual que todo mundo já conhece faz tempo.

Quem tem um Oculus Rift, inclusive, já deve ter experimentado Team Fortress 2, jogo da Valve, com ele:

Half Life 2 também foi oficialmente adaptado para o Rift. A Valve, pelo visto, tem uma relação muito boa com a criadora do gadget; inclusive, na campanha do Kickstarter, Gabe Newell era um dos profissionais da indústria que elogiavam-no. Não seria surpreendente uma parceria entre as duas empresas para potencializar a tecnologia e popularizar seu uso.

Outras palestras que parecem interessantes no Steam Dev Days se referem ao hardware que a Valve já anunciou: o que ela aprendeu com o beta das Steam Machines (que serão enviadas aos testers ainda neste ano) e a melhor maneira de desenvolver para elas e para o Steam Controller. O controle também estará disponível para testar e será anunciada uma data para que os desenvolvedores consigam ter os seus.

Interessou? O Steam Dev Days acontece em Seattle nos dias 15 e 16 de janeiro.