Início » Arquivos » Aplicativos e Software » Com visual renovado e mais funções, novo Facebook Messenger tenta ficar mais amigável

Com visual renovado e mais funções, novo Facebook Messenger tenta ficar mais amigável

Por

Lembra que, na semana passada, relatamos aqui no Tecnoblog que o Facebook está perdendo público adolescente para serviços como Snapchat e WhatsApp? Também discutimos no TB Cast #50 esse êxodo. Pois esta atualização do Facebook Messenger para Android e iOS parece ser uma reação ao problema: a ferramenta acaba de ficar mais fácil de usar e ganhou funcionalidades.

O primeiro detalhe que se nota na nova versão, que estava disponível para testes há pelo menos duas semanas para alguns usuários, é o completo redesign da sua interface. Esta, seguindo a tendência “flat”, agora tem predominância de branco e um tom de azul mais forte, que em pouco ou nada lembra o padrão visual do Facebook em si.

Novo Facebook Messenger

As fotos de perfil ganharam um formato circular e há novos sons para a digitação de mensagens e notificações, assim como stickers (desenhos que acompanham as mensagens) mais, por assim dizer, “fofos”. O ícone com desenho de um raio continua lá, só que agora dentro de um balão de conversa arredondado.

Todos esses detalhes são claramente um esforço para deixar o Facebook Messenger tão amigável quanto serviços como Snapchat, WhatsApp, WeChat ou mesmo Skype. Mais do que isso, no entanto, parece haver uma tentativa de desvincular um pouco o chat da rede social em si.

É neste ponto que as novas funções da atualização entram em cena. Uma delas é o ícone de um raio ao lado dos perfis que mostra quais contatos estão disponíveis naquele momento no Messenger e, portanto, podem responder prontamente, enquanto que quem utiliza apenas a versão Web do Facebook ou o app deste é identificado com a já conhecida letra “F”.

Ícones no Facebook Messenger

Outra novidade é a possibilidade de enviar mensagens mesmo para indivíduos que não fazem parte da sua lista de contatos, desde que os números de telefone destas pessoas estejam na agenda do aparelho.

O desempenho também foi lembrado: o Facebook garante que o seu Messenger está não só mais fácil de usar como também mais rápido.

A companhia não reconhece publicamente ter baseado esta atualização nos recursos já oferecidos pelos serviços rivais, mas é impossível não fazer esta associação se levarmos em conta toda a relevância que as ferramentas de comunicação móvel estão ganhando e, claro, o já mencionado interesse do público jovem por estes serviços em relação ao Facebook.

A desconfiança fica ainda maior depois da recente notícia de que a empresa teria tentado comprar o Snapchat por nada menos que US$ 3 bilhões, três vezes mais que o valor desembolsado pelo Instagram.

Surpreendentemente, o Facebook levou um “não” como resposta. De qualquer forma, o fato de a empresa ter feito uma oferta tão generosa por um serviço que, pelo menos até agora, não gera receita, mostra o quanto Zuckerberg e cia. estão preocupados com o segmento.

Caso queira experimentar, o novo Facebook Messenger já pode ser baixado no Google Play e na App Store.