Durante a Futurecom, no Rio de Janeiro, a Huawei anunciou a chegada do Ascend P6 ao Brasil, um smartphone topo de linha que tem como principal atrativo o design, feito de alumínio e com apenas 6,18 mm de espessura. Em junho, quando foi anunciado em Londres, ele chegou a ocupar o título de smartphone mais fino do mundo.

huawei-ascend-p6-preto

O Ascend P6 tem processador quad-core K3V2 de 1,5 GHz produzido pela HiSilicon, a divisão da Huawei responsável pela fabricação de chips. Há 2 GB de RAM, 8 GB de armazenamento interno (com entrada para microSD de até 32 GB), tela IPS LCD de 4,7 polegadas com resolução de 1280×720 pixels e bateria de 2.000 mAh. Infelizmente, ele não será compatível com o 4G brasileiro.

Ele é muito bonito, apesar de você provavelmente ter notado uma semelhança bem grande com o iPhone 5. Coincidências à parte, o aparelho da Huawei parece ser muito bem construído e a pegada também é boa: além da espessura absurdamente fina, a largura de apenas 6,5 cm (a mesma do Moto X) ajuda no manuseio com uma mão só.

ascend-p6-interface

O Android do Ascend P6 é o 4.2.2, mas isso não importa muito: a Huawei colocou sua interface Emotion UI, que lembra o MIUI e não traz quase nada do Android original. Não há um menu de aplicativos: todos os ícones e widgets ficam nas várias telas iniciais. Os aplicativos do sistema, como a calculadora e o relógio, foram bastante modificados. Tem até um aplicativo de lanterna integrado.

A câmera traseira tem sensor retroiluminado de 8 MP, lente com abertura de f/2,0 e modo macro capaz de tirar fotos a apenas 4 cm de distância do objeto. A Huawei decidiu colocar uma câmera frontal com uma resolução maior do que costumamos ver nos outros aparelhos: o sensor é de 5 MP e há alguns recursos de software para melhorar autorretratos. Os vídeos são gravados com resolução de 1080p e suportam HDR.

huawei-ascend-p6

O Ascend P6 chega ao Brasil no dia 25 de novembro, por meio do Submarino, Americanas.com e Shoptime, nas cores preto e rosa. A Huawei fez mistério quanto ao preço do aparelho, limitando-se a dizer que ele terá “preço competitivo”. O valor deve ser divulgado no dia 15 de novembro, quando o Ascend P6 entra em pré-venda. Assim como fez com o Ascend G510, a Huawei está oferecendo dois anos de garantia.

Paulo Higa viajou para o Rio de Janeiro a convite da Huawei.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

broules
O que eu não entendo é esse tal "mistério quanto ao preço". Se fosse um preço baixo eles já teriam declarado o valor. aposto que vai chegar pelo preço igual a qualquer outro da categoria. Mais-do-mesmo.
Elton Silva
Pelo mesmo preço que o Moto X você compraria ele?
Rafael Machado de Souza
claro, a Dilma é a resposta para todos os problemas do brasil
Diego F. Duarte
Parabens champs, vc caiu no papo furado dos impostos. Sinta-se feliz e toma esse troféu!
Wellington Gabriel de Borba
Achei meio tenso 8 GB de memória interna e expansão para 32 GB em se tratando de um aparelho top de linha.
Alberth Andrade
Se custar o mesmo preço do Moto X já vale a pena, o único problema deste aparelho é que o processador, pelo menos na parte gráfica, é muito ruim! Jogos nele rodam com o lag e até desanima.
Rafael Henrique
Lindo...uma pena a Dilma colocar, só de imposto, R$ 1200,00 no preço... Deve chegar no mesmo preço do S4...
Paulo Onaga
Pode escrever, vai Custar 2 ou 3 vezes mais do que no mercado internacional! E depois vão vir com a desculpa dos altos impostos. aquele papo furado, engana trouxa! Custo Brasil(impostos) + Lucro Brasil(Margem de lucro exorbitante) = Produtos mais caros do mundo.