Início / Arquivos / Computador /

Aplicativos do Mac OS 10.6 Snow Leopard serão mais leves

Por

Desde que migrei para a plataforma Mac, nunca medi esforços para falar mal de todos os sistemas, tanto quanto falo bem. Tem gente que se impressiona fácil com algumas firulas, e acabam colocando uma venda nos próprios olhos para todos os defeitos do sistema. É daí que nascem os Mac Xiitas.

Causos a parte, um dos pontos que sempre critiquei no sistema da Apple, é que os instaladores tem -na maioria das vezes- o dobro do tamanho de sua versão para Windows. No final das contas, o programa instalado não só ocupa bem mais espaço, como demora muito mais para ser carregado.

A princípio eu dava um desconto, pois eu uso um Mac Mini. O mesmo possui um HD de notebook, cuja rotação é de 5400RPM (contra 7200RPM de um desktop). Só fui me tocar que isto não é desculpa, quando percebi que o meu notebook Celeron M 1.73GHZ, roda Windows Vista muito mais rápido do que o Mac Mini roda o OS X. Sad but true.

(Pausa para os Xiitas me xingarem)

Enfim, como eu tinha começado a falar, algumas informações começaram a vazar na internet sobre as novidades que estão sendo implementadas no novo Mac OS X, o Snow Leopard. Resolvi transcrever aqui a mais interessante delas, que é a redução drástica no tamanho das aplicações do sistema, conforme você pode conferir na tabela abaixo:

Todo conteúdo da pasta Aplicativos será enxugado, e ela deverá ocupar apenas 25% do espaço que ocupa atualmente. Esta redução acontecerá, devido ao aumento do uso de gráficos vetorizados, e um sistema de localização desenvolvido afim de centralizar pacotes de linguagens.

Outro grande fator, é que o Mac OS X 10.6 será exclusivo para Macs Intel, eliminando assim todas as bibliotecas de aplicativos para o processador Power PC da IBM.

Falando em uma linguagem clara, será um sistema mais leve, mais rápido, e que exigirá bem menos poder de processamento e memória da máquina. Os aplicativos não só serão carregados mais rapidamente (yah!), como ocuparão menos espaço no disco. Bom para quem faz muitos downloads!

Usando menos recursos da máquina, a duração da bateria dos portáteis também aumenta. Sem falar que um sistema mais compacto, é ainda mais interessante quando utilizado em máquinas com drive SSD (Solid-state Storage Device). Eles são muito mais rápidos do que os HDs convencionais, e ainda gastam menos energia.

E quem aqui arrisca falar que Apple não pensou nisso quando projetou as alterações? É uma tendência natural, que só não virou moda ainda, pelo alto preço dos dispositivos. O próprio MacBook Air vem com drive SSD em uma de suas configurações. É só uma questão de tempo mesmo.

Que venha o Snow Leopard! Meu Mac Mini agradece. =)

via: AppleInsider | RoughlyDrafted | Gizmodo