O incêndio que atingiu a fábrica de semicondutores da SK Hynix em Wuxi, na China, já está causando efeitos no mercado. Cerca de três semanas após o incidente, os preços das memórias DRAM registraram a maior alta dos últimos dois anos e, para piorar, não há perspectiva de melhora no curto prazo.

O aumento no período é de pelo menos 40%. Só para dar uma ideia mais clara do que isso representa, um chip de memória DDR3 de 2 GB tinha custo estimado em US$ 1,60 no dia 4 de setembro de 2013, data no incêndio. Nesta semana, o mesmo chip estava custando US$ 2,27, havendo fornecedores nos Estados Unidos falando em US$ 2,50.

Incêndio - Hynix

Incêndio na fábrica da Hynix

O fogo nas plantas da Hynix nem tinha sido totalmente controlado e já havia previsão de elevação de preços. Isso porque a companhia é uma das maiores fabricantes de RAM do mercado, respondendo por aproximadamente 30% da produção global. Se em condições normais já não há sobra de chips nos estoques, o que dirá então com parte das unidades fabris parada.

A Hynix até que tentou evitar pânico no mercado. Pouco depois do incêndio, a companhia declarou que não mais de 15% da produção mundial seria afetada e mesmo assim por pouco tempo. Mas os danos nas plantas atingidas foram maiores do que os calculados, fazendo com que fabricantes de computadores e distribuidores não pensassem duas vezes em procurar outros fornecedores.

A HP é um exemplo claro deste movimento. Com seus estoques de memória baixos, a empresa já se aproximou de outros fabricantes para garantir o fornecimento de DRAM para os próximos meses e manter a sua produção de computadores. A regra nestas circunstâncias é clara: com a demanda maior que a oferta, os preços sobem.

RAM vale mais que barras de ouro?

RAM agora vale mais que barras de ouro?

Ainda em clima de “don’t panic”, a Hynix informou que a sua fábrica na Coreia do Sul está sendo utilizada para amenizar a diminuição da produção e que está trabalhando em ritmo forte para fazer com que as plantas de Wuxi voltem à produção normal o quanto antes – a empresa promete fazê-lo já em outubro deste ano.

Mesmo que a promessa seja cumprida, não há expectativa de que os preços baixem prontamente. Analistas de mercado estimam que continuará havendo aumento pelo menos até o final de 2013, na verdade. É o filme do encarecimento dos HDs se repetindo.

Com informações: TechSpot, Digitimes

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vitor De Carvalho Simões
Filhão, eles fabricam os chips usados em TODOS os fabricantes de memória. Kingston, G.Skill, GEIL, Markvision e outros!
Leonardo Gonçalves
Nuca usei essa marca,, vamos rever isso aew né?? aumentaram o Preço dos Hd's e até agora não baixaram?!!
Robson C.
1 ano? Os preços dos HDs nunca mais foi o mesmo depois da enchente. Até chegou perto do que era ESSE ANO, quanto tempo faz? Quase se não, mais de 2 anos... é... Pelo menos memória não só é naturalmente mais barata, mas também menos requisitada.
Bruno Cabral
Ainda bem que já comprei meu pente novo antes do aumento. To pronto pra transformar meu note numa "SteamBox" :)
Guilherme Soares
Igual aquela enchente na Tailândia HDs
Diego F. Duarte
Descer até desce, só que vai levar uns 1 ano...
Eduardo Sá
Mais um ítem de PC que vai subir e nunca mais descer de preço.
Diego F. Duarte
Que incendio conveniente... temos muitos fabricantes de DRAM no mercado, e porque um pegou fogo, o preço da memória quase dobra. Conveniente!