Uma das franquias mais rentáveis da Ubisoft, Assassin’s Creed vai esticar um novo tentáculo para talvez arrebanhar aqueles que não sejam tão ligados em consoles. Nesta terça-feira, a produtora do jogo anunciou Assassin’s Creed: Pirates, um stand-alone para smartphones e tablets com iOS e Android, focado em batalhas navais.

Aproveitando o sucesso da fase marítima de Assassin’s Creed III (que não foi muito bem-sucedido, ao todo), a Ubisoft anunciou AC IV: Black Flag, todo trabalhado na temática, tendo um pirata como personagem principal. E parece que agora resolveram embarcar de vez no assunto. Em Assassin’s Creed: Pirates, o jogador controla o personagem Alonzo Batilla, num cenário que ocorre durante o século XVIII, a Era de Ouro da pirataria no Caribe.

Apesar da semelhança de universos com Black Flag, Pirates não terá histórias relacionadas ao arco da série, podendo ser jogado e compreendido por qualquer um. Em busca dos tesouros misteriosos de La Buse, Batilla cruzará com Templários e Assassinos, além de piratas famosos como Barba Negra, Bellamy e Hornigold. Yo ho!

O jogo de mundo aberto terá batalhas navais em tempo real e, segundo a Ubisoft, terá cerca de 20 km de zonas livremente exploráveis. E se você curte brincar com customizações, saiba que os tesouros e prêmios conseguidos nas quests poderão ser usados para incrementar e aprimorar sua nau, com novas armas e peças.

Assassin’s Creed: Pirates deve ser lançado até novembro, para dispositivos com iOS e Android. O preço ainda não foi divulgado.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Allen Franco
Tinham que acabar com um jogo maravilhoso botando piratas no meio, o outro ja foi exagero e esse fechou o caixão.
Filipe Mouta
Irado! Porque o vídeo não fica bem posicionado no post na tela do iphone 5? E o msm se dá nos comentários via facebook =[
Rafael Machado de Souza
não perdeu nada. achei o jogo uma porcaria. - nao evoluiu em jogabilidade - tem mais cutscenes do que jogo - o combate corpo a corpo é pessimo
Diogo Ramos Gutierre
Eu sou muito fã da ubisoft. É na verdade a minha desenvolvedora favorita. Mas eles estão abusando da franquia do assassins creed. Meu, já deu o que tinha que dar. Eu achava que ia terminar no reveletions. Até ali eu tinha todos os jogos, tinha lido os livros. Mas depois desisti, a base é sempre a mesma e a história nunca acaba. Agora estão jogando a franquia até para outros títulos e plataformas. Nem toquei um dedo no 3, e acho que qualquer um que sair eu vou abstrair.
Fernando Ferreira
Gangplank eu escolho vc