Início » Arquivos » Aplicativos e Software » AMD apresenta tecnologia que gera facilmente expressões faciais em personagens de jogos

AMD apresenta tecnologia que gera facilmente expressões faciais em personagens de jogos

Emerson Alecrim Por

Quem trabalha com computação gráfica sabe que, entre os diversos desafios da área, está a reprodução de expressões faciais em animações ou jogos. Trata-se de um trabalho tão complicado que, não raramente, inviabiliza a busca por um resultado convincente. É por isso que a AMD decidiu investir em uma tecnologia capaz de facilitar – e muito – a vida destes profissionais.

A companhia se uniu à Mixamo para lançar o Face Plus, um software que utiliza uma câmera para capturar expressões faciais e reproduzi-las virtualmente, em tempo real.

Desta forma, um personagem animado pode não só fazer cara de espanto, raiva ou tristeza, por exemplo, como também movimentar os lábios de maneira bastante condizente com um discurso, ou seja, o jogador ou espectador terá a impressão de que ele está mesmo falando.

O interessante é que a tecnologia é capaz de capturar as expressões faciais sem exigir que a pessoa utilize sensores no rosto ou qualquer coisa do tipo. É como se fosse um Kinect, só que desenvolvido para distinguir os movimentos dos músculos faciais, mesmo os mais discretos.

Legal, mas porque justamente a AMD se envolveu nisso? Porque grandes estúdios de games (ou vídeos) têm ferramentas e profissionais especializados no assunto, mas o mesmo não se pode dizer dos projetos indies. Como estes estão cada vez mais em evidência, a companhia vê como uma grande oportunidade qualquer iniciativa capaz de facilitar o trabalho destes desenvolvedores.

De fato, não é necessário um grande aparato tecnológico para usufruir do Face Plus, não. O software é, basicamente, um plugin para a engine de animação Unity (a partir da versão 4.3) e exige, além de uma câmera com boa resolução, uma máquina com pelo menos 4 GB, chip gráfico compatível com Open CL 1.1 (ou superior) e Windows 7 ou 8. Em breve, haverá também suporte para Mac OS.

Se o resultado convence? O curta Unplugged, feito pela Mixamo justamente para demonstrar o potencial do Face Plus, diz que sim:

Apesar do foco em desenvolvedores indies, o Face Plus não é necessariamente barato: o software faz parte do pacote All Access, da Mixamo, que custa a partir de 1.499 dólares por ano e não inclui uma licença do Unity.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago Albuquerque Kozusko
O que quebra é esse preço, U$$ 1500 por ano é tenso para qualquer estudio Indie.
Tiago Gabriel
Muito bacana!
Jonatan Ferreira
Personagem principal do Lost Planet 3 precisava disso ...