Início » Arquivos » Celular » Rumor do dia: o que faz o relógio de pulso inteligente da Samsung, o Galaxy Gear?

Rumor do dia: o que faz o relógio de pulso inteligente da Samsung, o Galaxy Gear?

Paulo Higa Por

Em março, após uma série de rumores de veículos tradicionais envolvendo um suposto relógio de pulso inteligente da Apple, a Samsung confirmou que estava trabalhando em um smartwatch, mas não deu mais informações sobre o gadget. Agora sabemos um pouco mais sobre ele (ou pelo menos achamos que sabemos): a Bloomberg afirmou que o dispositivo, chamado Galaxy Gear, será anunciado no dia 4 de setembro. Outras publicações divulgaram especificações de hardware e alguns detalhes sobre o funcionamento do aparelho.

O The Verge diz que o Galaxy Gear não vai funcionar como um celular, mas sim em conjunto com o seu celular. Isso significa que ele não deverá ter entrada para chip ou conexão de dados, como alguns relógios de pulso inteligentes que a própria Samsung fez no passado – e que, como você deve ter percebido, não foram exatamente um sucesso de vendas.

samsung-galaxy-gear

De acordo com o GigaOM, a comunicação entre o Galaxy Gear e o smartphone será feita através de um protocolo proprietário da Samsung, o que dificultaria a integração com celulares de outros fabricantes. Além disso, os aplicativos para o relógio não deverão ser distribuídos por meio do Google Play, mas sim da loja da Samsung. Então talvez o Galaxy Gear não funcione se você não possuir também um smartphone da linha Galaxy.

O Galaxy Gear deve ser lançado com uma tela OLED de 2,5 polegadas e uma câmera de 2 megapixels embutida na pulseira. O corpo do relógio da Samsung ainda deverá incluir pequenos alto-falantes. E como a Samsung adora sensores, como vimos no Galaxy S4, o Galaxy Gear também terá alguns.

A conexão NFC integrada serviria para simplificar o pareamento com o smartphone, técnica que outros fabricantes já aproveitam em determinados eletrônicos – em certos smartphones da Sony, para fazer o celular tocar uma música em um aparelho de som, por exemplo, basta aproximar um dispositivo do outro. Nada de quebrar a cabeça com Wi-Fi Direct ou Bluetooth.

As possíveis especificações de hardware do Galaxy Gear foram publicadas pelo SamMobile, que confirma a existência da câmera de 2 megapixels, adiciona que a tela terá resolução de 320×320 pixels, e afirma que o relógio virá com um processador dual-core de 1,5 GHz da própria Samsung (Exynos 4212), GPU Mali-400 e RAM de 1 GB – no entanto, o site diz que recebeu esses dados de um anônimo e não conseguiu confirmar as informações com suas próprias fontes.

Se tudo der certo, a Samsung deverá mostrar o Galaxy Gear ao mundo no dia 4 de setembro, durante o evento Samsung Unpacked, que acontece em Berlim, durante a IFA 2013. Segundo o GigaOM, o anúncio acontecerá simultaneamente em Nova York.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Viictor Brunno
alguém tem ideia do custo benéfico dessa bomba ?
Lucas Rocha
Depois falam que a SAMSUNG nao copia a Apple!! kkkkkkkkkk
Rodrigo Ribeiro
Prefácio do comentário: não sou Applemaníaco, pelo contrário, ultimamente tenho estado muito mais desapontado do que "apontado" com essa empresa. Comentário: Ao menos a concorrência aprendeu alguma coisa útil com a Apple após o iPhone: estão correndo atrás para tentar se antecipar a ela. A Samsung mesma já lançou SmartTVs com reconhecimento de tudo o que vc pensar (acho que só faltam reconhecer cheiro rsrs), fazem muitas coisas é verdade, mas no fundo não servem pra quase nada. A Sony por sua vez, segundo rumores, estaria alinhavando contratos para lançar um suposto serviço de TV pela web com conteúdo das emissoras de TV tradicionais. Agora a Samsung vai (segundo esses rumores) lançar um smartwatch, que também -- provavelmente -- terá um monte de recursos e mesmo assim não fará nada de mais. Bom, um coisa é fato, se elas estão lançando estes produtos ou ao menos preparando o lançamento deles é porque a Apple também vai fazer.
Vinicio André Schauble Liuti
Creio que com a tela sendo menor o consumo de bateria terá um melhor desempenho. E como o rumor diz, o relógio será um complemento do celular. E por isso o processamento que ele irá realizar pode não ser tão pesado, usando menos bateria. Isso levando em conta que a Samsung nao faça nenhuma modificação no Android para que ele tenha um melhor aproveitamento da bateria (vide linha D da Motorola que tem uma boa duração de bateria)
Junior Carvalho
Poderia ser vinculado com qualquer android.
Juliano Machado Olivetti
Pior de tudo, imagina ter de carregar seu relógio praticamente todos os dias na tomada! Pelo menos nessa safra acho que não vai vingar...
Danilo Machado
Câmera na pulseira? Os lek pira tirando fotos das cocotinhas na balada, no busão...
Andre Badiani
pense, se ele nao for aprova d'agua kkkkk sera que isso vai funcionar, e pra que isso vai servir?
Vinicio André Schauble Liuti
Bloquear o uso para outras marcas é dar um tiro no pé. Seria mais inteligente se viesse com vantagens para os celulares da própria fabricante. Mas tudo ainda é rumor ={