O Google já começou o evento à imprensa sobre Android e acaba de anunciar que, como diziam os rumores, o Nexus One, em parceria com a HTC, está a caminho.

O evento ainda está acontecendo, então fique ligado no Tecnoblog que em breve voltaremos com todas as novidades.

Nexus One, o smartphone do Google

[Atualização] Algumas especificações que já foram anunciadas:

  • Sistema operacional Android 2.1;
  • Tela de AMOLED de 3,7” em resolução HVGA (480 x 800) de alto contraste (100.000:1);
  • Processador Snapdragon de 1GHz — “É rápido mesmo”;
  • Trackball com LED de notificação multi-colorido (para avisar sobre um novo e-mail, por exemplo);
  • Bússola, GPS e sensores de luz e proximidade;
  • Microfone atrás para redução ativa de ruído ambiente;
  • Espessura de 22.5mm, peso de 130g;
  • Câmera que filma em 720×480 e tira fotos de 5 megapixels com auto-foco e flash de LED;
  • Slot para cartão microSD — vem com 4GB, expansível até 32GB:
  • Galeria de fotos no estilo do Cooliris (o Google trabalhou em parceria com a empresa);
  • GPS com intruções curva-a-curva.
  • Idioma do sistema e do teclado disponíveis em português brasileiro;
  • Todo campo de texto terá entrada por voz, (que será convertida para texto no servidor, ou seja, requer uma conexão com a internet para tanto).

Voltamos logo mais com maiores detalhes, à medida que eles forem surgindo.

[Atualização] O aparelho será vendido online pelo site www.google.com/phone, mas o brasileiros que entrarem no site irão se deparam com uma mensagem dizendo: “Desculpe, o Nexus One não está disponível no seu país”. Mas o Google afirma que o planeja adicionar mais operadoras e países no futuro.

Para os americanos, o celular será vendido desbloqueado por US$ 529, e com contrato com a operadora americana de telefonia móvel T-Mobile por US$ 179. Ele será enviado a partir de hoje para os compradores nos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Singapura e Hong Kong.

Perguntada na conferência se esse era um iPhone killer, a equipe do Google respondeu:

“Nós estamos o chamando de superphone, mas o recado não é para o iPhone, é para os consumidores. Escolha é algo muito bom.”

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcelo
A Claro também usa 3G em 850 MHz em alguns estados, como no Rio de Janeiro, neste caso ele funcionará em 2G (EDGE), apesar de ter licença de 2100 MHz para todos os locais em que atua.
Orlando Couto
Parabéns a Google ! Por este imporante passo tecnológico! Com este lançamento se firma a tendência tecnoloógica de plataformas móveis usando 3G com acesso direcionado. Na linha do tempo vemos os smartphones e similares com tecnologia 3G evoluindo para conexão em 4G o que possibilitará o maior o processamento de dados em tempo real e o seu embarque em veiculos ....que na proxima decada serão de fato AUTOmóvies ( sem a necessidade da intervenção humana para sua condução )
Alisson melo
Os americana tem sorte.é nessa hora que eu me arrependo de morar no interior de minas,'droga'.
Rodrigo
É. Tem potencial... Um HTC com quase o dobro de processador, tela com o dobro da resolução, câmera com quase o dobro de megapixels, expansão por cartão microSD... Só o preço que não é o dobro, hehehe. Vai por mim, logo teremos uma enxurrada de aplicações "fodas" para o Android também.
Fabricio Neves
Sim, esse Google Phone eu quero!!!!! Não vejo a hora de aportar em terras brasileiras!!!!!
Wesley
O único problema vai ser na Vivo, que usa o 3G também em 850 MHz.
Thiago Mobilon
A plataforma tem potencial, mas só compete com o iPhone quando o Google Market tiver a quantidade de Apps fodas que a App Store tem.
João
Será que vai dar pra comprar nos EUA e trazer pra usar no Brasil? Pq pelas especificações ele é compativel tanto no GSM quanto no 3G mas será que não vai ter algo impedindo/atrapalhando?
Wesley
Not.
Rodrigo
Matou o iPhone...
Wesley
O site já está no ar: http://www.google.com/phone/