Início » Arquivos » Celular » Agora é oficial: Samsung apresenta nova versão do processador Exynos 5 Octa

Agora é oficial: Samsung apresenta nova versão do processador Exynos 5 Octa

Por

Conforme promessa feita na semana passada, a Samsung anunciou hoje uma atualização do processador Exynos 5 Octa. Tendo como identificação o número 5420 (o modelo anterior é o 5410), a novidade apresenta, basicamente, compatibilidade com uma frequência maior de memória RAM e uma nova GPU.

A arquitetura do Exynos 5420 é praticamente a mesma. Os quatro núcleos Cortex-A15 continuam lá, assim como os quatro núcleos Cortex-A7, que alternam o processamento entre si por meio da tecnologia ARM big.LITTLE. A diferença é que as frequências de cada core ficaram um pouco maiores: os A15 pulam de 1,6 GHz para 1,8 GHz, enquanto que os A7 passam de 1,2 GHz para 1,3 GHz. Estas alterações não são exatamente novas, vale ressaltar, uma vez que estes clocks já eram previstos no Exynos 5410.

Exynos 5 Octa 5420

Exynos 5 Octa 5420

Novidade mesmo é a já mencionada atualização da parte gráfica. O Exynos 5420 passa a contar com uma GPU Mali-T628 de seis núcleos, que mantém suporte a resoluções de até 2500 por 1600 pixels e pode chegar a ter desempenho até duas vezes maior em relação ao Imagination PowerVR SGX544MP3 utilizado no Exynos 5 Octa anterior, sem aumentar o consumo de energia. Pelo menos é o que a Samsung afirma.

No que diz respeito à interface de memória, esta passa a suportar frequências de até 1.866 MHz (dual channel) de LPDDR3 contra 1.600 MHz do Exynos 5410, aumentando o limite de largura de banda de 12,8 GB/s para 14,9 GB/s.

Todas estas características fazem com que o novo Exynos 5 Octa seja cerca de 20% mais rápido que o modelo anterior, de acordo com a Samsung. Já a esperada integração nativa com LTE, por sua vez, acabou não acontecendo.

A fabricação do Exynos 5 Octa se iniciará já no próximo mês, mas a Samsung não revelou quais dispositivos serão equipados com o processador. As suspeitas continuam recaindo sobre o Galaxy Note III, previsto para ser anunciado em setembro, embora não esteja descartada a possibilidade de o Exynos 5420 equipar também uma revisão do Galaxy S4.

Independente de qual seja o modelo felizardo, a dúvida que fica agora é se a Samsung conseguirá superar a limitação de produção dos chips Exynos 5 Octa e, finalmente, atender à toda demanda do mercado.

Com informações: Engadget.