Início » Arquivos » Celular » Backup automático do Android é acusado de não possuir criptografia

Backup automático do Android é acusado de não possuir criptografia

Brecha poderia vazar senhas de milhões de redes Wi-Fi para o governo americano

Lucas Braga Por

Se você utiliza um smartphone ou tablet com Android, possivelmente possui ativado o backup do Google, que faz cópia automática de alguns dados de aplicativos, favoritos, configurações e até mesmo senhas de redes Wi-Fi salvas em seu smartphone. Esse é um recurso bem prático. Mas toda essa praticidade pode ter um alto preço: é possível que todos esses dados sejam enviados para o Google sem criptografia. Portanto, estariam à disposição de intrusos. Essa queixa foi feita por participantes do fórum oficial do Android – e respondida pelo próprio Google.

Isso não seria um problema tão grande se não estivéssemos passando por uma crise de privacidade, em que o governo americano é acusado de monitorar ligações telefônicas e comunicações telefônicas em diversos países, inclusive de internautas brasileiros. Ligações, emails, mensagens de texto e até mesmo meus arquivos, tudo isso pode estar sendo espionado.

Sendo o Android a plataforma móvel mais utilizada do mundo e partindo do pressuposto de que senhas e configurações de diversos estão armazenadas sem segurança nos servidores do Google, não é nem um pouco agradável saber que o governo americano poderá ter acesso à maioria das redes sem-fio existentes no mundo.

backup-android

Esse problema foi apontado nos fóruns de discussão e suporte do Android. Por lá, os moderadores afirmaram que as reclamações deveriam ser prestadas diretamente ao Google, uma vez que se trata de um serviço oferecido pela empresa e não diz respeito ao desenvolvimento da plataforma. Diante dessa situação, o Ars Technica procurou o Google, que orientou aos usuários a ficarem tranquilos: os dados estão seguros e encriptados nos datacenters da empresa, que contam com proteções contra ataques digitais e físicos.

O Google reitera que as informações só são acessíveis enquanto você estiver autenticado com sua senha na sua conta do serviço. Além disso, a empresa explicita que o recurso de backup é opcional (embora venha pré-ativado na maioria dos smartphones vendidos atualmente) e que o usuário pode desativá-lo a qualquer momento, embora isso possa causar perda de dados. Se você deseja desativar o backup automático de dados de seu dispositivo Android, vá em Configurações, Fazer Backup e Redefinir e desmarque a opção “Fazer backup” – essa configuração pode variar de aparelho a aparelho.

Está na dúvida se existe muita coisa sua armazenada no Google? Faça um favor a si mesmo e visite o Histórico de Localização do Google. Ele foi capaz de traçar toda a minha rota, quanto tempo passo em casa, no trabalho, para onde foram minhas últimas viagens. Além disso, com o histórico de localização diário, é perfeitamente possível descobrir minha rotina.

historico-localizacao

É através dessas informações que o Google consegue fornecer informações relevantes através do sensacional Google Now. Não vejo problemas do Google possuir minhas informações. Meu medo é que o governo americano e outras instituições façam proveito disso.

Colaborou: Thássius Veloso

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Arthur Brayner
Coloca o link da resposta do google....por favor!
Turdin
Boa :D
Turdin
Eu sei, só que é interessante colocar no texto, foi só uma dica :)
jdaguilar
Se as pessoas têm medo que o governo (de qualquer país) ou outras instituições saibam dados sobre onde esteve, o que fez, e afins, então é melhor ir morar numa caverna. Ao deixar o celular simplesmente ligado, sem internet nem nada, apenas telefonia, já permite às empresas saber exatamente onde você está e por onde anda através das antenas, e são aS empresaS mesmo, não apenas aquela da qual você é cliente (tire o chip e faça uma chamada de emergência pra ver se não funciona....o que significa que você está conectado a alguma rede). Ao pagar suas contas com cartão de crédito a administradora sabe exatamente onde você esteve e pode traçar toda a sua rotina e seus costumes. Ao usar seu carro seria possível saber o seu trajeto armazenando os dados dos radares. E se possui um localizador/rastreador nele sua seguradora sabe tudo que você faz com o carro. Ônibus? Se usa um bilhete único da vida dá pra saber a linha que pegou e se o ônibus possui câmeras onde subiu e onde desceu. Aliás, em matéria de câmeras, é melhor nem andar na rua então. Isso tudo, claro, se já não houver um satélite ou um drone te seguindo..... :P
Lucas Braga
Desculpa, acabou não colando na hora que colei o texto no WordPress. Já está lá!
gicapp
Tava na imagem... https://maps.google.com/locationhistory/b/0/dashboard
Turdin
Teria sido interessante fornecer o link pro histórico de localização do Google na matéria na minha opinião