A hegemonia da Intel no mercado de PCs a colocou numa situação confortável o suficiente para que a empresa não conseguisse se antecipar à invasão dos dispositivos móveis. Agora, a companhia tenta de todo jeito fincar seu nome neste segmento e, entre as inúmeras medidas para isso, a eliminação da marca Atom pode estar entre elas.

A informação vem do Digitimes, que menciona fontes anônimas. De acordo com o site, a Intel deverá deixar de usar o nome Atom no último trimestre de 2013 porque a marca estaria passando uma imagem negativa aos produtos associados e, consequentemente, causando impacto direto nas vendas.

Intel Atom

Intel Atom – RIP?

Os processadores Atom chegaram ao mercado para atender ao segmento de portáteis de baixo custo, como os já praticamente mortos netbooks e os notebooks de entrada. Nos últimos meses, chips mais recentes da linha começaram a ser empregados também em tablets, como o Asus VivoTab e o Acer Iconia 8.1.

Na visão da Intel, o problema é que o nome Atom pode estar associado não apenas a “baixo custo”, mas principalmente a “baixo desempenho”, razão pela qual as vendas destes tablets – assim como as de laptops recentes – estão ficando abaixo do esperado. Curioso é o Windows 8 (que está presente em todos estes dispositivos) não ter levado a culpa desta vez.

Se o abandono do nome Atom se confirmar, os chips SoC Walleyview-T e Penwell deverão ser os últimos a ostentar a marca. As próximas linhas de processadores de baixo custo da Intel deverão estar sob nomes que agora eu tenho como praticamente imortais: Celeron e Pentium, acredite se quiser.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Michael F. Assis
kkkkkkkkkk Tá ;-)
portela.thiago
P4 manda lembranças.. hahaha
Tiago Gabriel
Arthur Vicentini Ela ainda usa o nome Celeron, esta semana formatei um Qbex com o famigerado Celerom com etiqueta no gabinete e tudo. kkkk
Tiago Gabriel
Também prefiro a APU AMD ao Atom.
Tiago Gabriel
A questão é que o objetivo do Atom não é exatamente o alto desempenho é simplesmente oferecer desempenho satisfatório para atividades básicas com baixo consumo de energia. E há Atoms melhores do que certos Celerons, pelo menos em 32 bits.
Tiago Gabriel
Boa ideia!
Nilson Silva
https://www.facebook.com/pages/Recife-DAS-Antiga/494793400562457?ref=hl
Edipo Gonçalves
Vai trocar o nome e vai continuar lento matando trazendo negatividade sobre a nova marca. Tem sentindo isso? Tem que melhorar bastante o produto primeiro.
Motomagx Noitatsyalp
Nesses casos o APU da AMD está interessante, apesar do baixo custo, tem um desempenho de processamento e gráfico melhor, e ao mesmo custo.
vinniciusx
Eu vi que novos computadores não tem nem Intel Pentium, nem Celeron, nem Atom, só processador Intel! Seria melhor assim, os que tiverem o Core tem o desempenho melhor e os que não tem o nome core são os de baixo custo ;)
Felipe Lima
Intel é outra que esta "perdidinha" com o novo mercado.
André Macêdo de Andrade
Arthur Vicentini Para ricos realmente só i5 e i7 presta mesmo.
Vinícius
tá! :p
Michael F. Assis
Não acho que trocar de Atom para Celeron vá resolver alguma coisa não, eu tenho o Celeron como um processador inferior, caro e que esquenta ainda kkkk, agora quanto ao Aton, eu uso um Razr i da motorola que usa este processador da Intel e eu posso encher a boca pra falar dele, e somente bem tá.
augustobastosss
Eu jamais compraria qualquer dispositivo, seja Atom, seja com Celeron. A Intel só percebeu agora que os dois nomes estão associados a baixo desempenho?
Exibir mais comentários