Início » Arquivos » Celular » Como a Nokia testa a resistência de seus celulares

Como a Nokia testa a resistência de seus celulares

Paulo Higa Por

A Nokia é bastante conhecida por fabricar celulares resistentes que, quando caem no chão, quebram o chão. Hoje a fabricante finlandesa publicou um vídeo mostrando como testa a durabilidade de seus aparelhos antes de eles chegarem às lojas. Nas imagens, os celulares são derrubados, molhados e até colocados no forno. Dê uma olhada:

O vídeo mostra três aparelhos baratos sendo exaustivamente testados: Nokia Asha 501, Nokia 105 e Nokia Asha 210. No blog oficial, a Nokia diz que resistência é uma característica importante especialmente nos celulares mais baratos: o Nokia 105, por exemplo, foi feito para continuar funcionando até mesmo em ambientes quentes e empoeirados.

Os botões são pressionados centenas de milhares de vezes para testar a durabilidade. Os celulares são retorcidos para verificar se eles sobrevivem caso algum descuidado sente com o aparelho no bolso de trás. E obviamente, eles também passam pelo importante teste da máquina de lavar.

De acordo com a Nokia, os testes tentam simular situações da vida real, o que inclui “bater, retorcer, derrubar, molhar, assar e agitar”. Se o aparelho não passar nos testes, ele é redesenhado para assegurar que seja aprovado da próxima vez. Aparentemente, esses testes são rigorosos: se eles causarem danos visuais ao aparelho, ele não passa.

Depois de passarem pelos vários testes, os celulares vão para a linha de produção. No ano passado, nós fomos conhecer a fábrica da Nokia em Manaus. Descubra neste artigo como os aparelhos são fabricados.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Elton Silva
"De acordo com a Nokia, os testes tentam simular situações da vida real, o que inclui “bater, retorcer, derrubar, molhar, assar e agitar”". Não sabia que assar o aparelho era tão comum assim.
Arch
E eu ficaria sem marca pra escolher.
Wellington Gabriel de Borba
Então Samsung, onde está seu Deus?
Rafael
Olha, Nokia foi o meu primeiro e último celular, além de presentes, foram uns 5 aparelhos, e pelo visto será sempre!!!
Luiz Guanabara
Onde eu falei que queria uma tela inquebrável? Só achei irônica a minha situação =p
Edmilson Junior
Eu cogitei até em pegar um Lumia, só não peguei por que o rolo que eu ia fazer demorou demais. Ia pegar pelo hardware Nokia por que o WP me desagrada. Se ela produzisse Androids todos os meus seriam Nokia.
Edmilson Junior
Na Nokia eu confio.
Douglas Baião
Foi azar mesmo, pq o meu N8 caiu da minha mão em um morro asfaltado e saiu quicando literalmente até chegar lá embaixo, e a tela ficou INTACTA, sem nenhum risco milimétrico que seja.
Anderson Mansera
Olá Higa! Só por curiosidade, vc conhece o meu blog, o Mobizoo?
Walter Hugo Nishida Xavier da Silva
Não precisa ser especialista para deduzir que em qualquer sistema, aliás em qualquer produto, a segurança e durabilidade são feitas pensando-se no usuário "comum", que não entende o básico desse assunto. Se for seguir seu raciocínio, a gente não precisaria de pronto-socorro também, porque o mundo atual é seguro, basta todos respeitarem a sinalização viária, não brincarem com aparelhos perfurocortantes, não dispararem armas de fogo uns nos outros etc. Afinal é tudo "bom senso".
Vitor Pereira de Freitas
Isto #indestrutivel http://www.blognokia.com.br/wp-content/uploads/2012/01/326px-Nokia_3310_blue_R7309170_wp.png
Giovani Milchareck
Falou o "especialista". Vírus e infecções dependem muito, muito mais do (mau) comportamento do usuário do que do sistema em si. Qualquer sistema é seguro, desde que haja alguém com um mínimo de bom-senso usando.
Getulio Domingues
Principalmente o de segurança, 90% dos vírus lançados nos últimos 12 meses são pra Android e o sistema não tem nenhuma defesa própria. Android que é só mais uma variação do Linux que ainda tem gente estúpida que acha que é invulnerável é a prova de que sistema seguro é aquele que ninguém usa. Enquanto era só no desktop de meia dúzia de aficionados por TI era seguro, assim que lançaram um que o povão usa ficou mais furado que XP sem antivírus....
André Ricardo
Ela já tentou, mas o Android não passou no controle de qualidade.
Carlos Lauria
Pô, não vi que vc já havia postado, postei o vídeo original também.
Exibir mais comentários