Início / Arquivos / Aplicativos e Software /

Como o Falcon Pro está tentando escapar do limite de 100 mil usuários da API do Twitter

Paulo Higa

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O Falcon Pro, um dos bons clientes de Twitter para Android, atingiu em menos de três meses o limite de 100 mil usuários das novas regras da API. Portanto, se uma pessoa não tivesse usado o Falcon Pro anteriormente e instalasse o cliente agora, não conseguiria fazer login. Mas o desenvolvedor do aplicativo conseguiu encontrar uma forma para escapar desse limite.

A ideia é simples. Desenvolvedores precisam registrar seus aplicativos para obter uma chave de acesso única, que permite a leitura e gravação de dados no Twitter. Essa chave identifica o aplicativo e faz com que o Twitter consiga limitar o número de usuários. Só que qualquer pessoa pode registrar seu próprio aplicativo no dev.twitter.com.

O que o desenvolvedor do Falcon Pro fez foi permitir que os usuários insiram sua própria chave de acesso no cliente. Assim, o Twitter pensa que se trata de um novo aplicativo. Dessa forma, o login não conta no limite de 100 mil usuários.

falcon-pro-twitter-limite

Anteriormente, o Falcon Pro era pago, mas agora ele pode ser baixado gratuitamente nesta página. O recurso de substituir a chave de acesso é um easter egg: você precisa tocar nos quatro cantos da tela, tocar no quadrado laranja para apagá-lo e depois agitar o aparelho. Pronto! Um botão aparecerá e você poderá inserir seus dados.

É claro que o Twitter não deve estar gostando nada dessa ideia, mas até o momento a rede social não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. Não sabemos se há uma maneira de o Twitter bloquear esse tipo de coisa; se não existir, é bem provável que vejamos mais desenvolvedores insatisfeitos colocando essa funcionalidade em seus aplicativos.

Com informações: The Verge.