Início / Arquivos / Aplicativos e Software /

Essa é a nova marca do Firefox

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Firefox

Para ser sincero, uma quase nova marca do Firefox, um dos navegadores mais utilizados no mundo (atrás do Internet Explorer e do Chrome, não necessariamente nesta ordem). A Mozilla apresentou no fim de semana o que vem a ser uma nova pegada para a marca do bicho em chamas que há muitos anos nos acompanha. O objetivo era tornar a marca mais simples – apenas isso.

Para tanto, os designers da Mozilla retiraram alguns dos detalhes da marca anterior. A impressão que fica é de um logo sem alguns dos traços presentes anteriormente, mas que, no fim das contas, continua sendo o mesmo Firefox de sempre. Questão de hábito. Rapidamente vamos nos acostumar com a novidade.

De acordo com a Mozilla, eles refizeram a marca para ficar completamente compatível com SVG. Em outras palavras, ela se tornou vetorial: dá para ampliar ou diminuir infinitamente. O SVG é um dos padrões da web aberta, tão defendida pela própria Mozilla. Coerente, portanto.

A marca foi desenvolvida com foco em dispositivos móveis. “Ainda que pensemos que ele fica demais em qualquer tamanho, foi otimizado para ser mais claro e limpo em dispositivos com telas menores e resoluções menores”, informa o post de lançamento. Considere que a Mozilla pretende lançar celulares com o Firefox OS. Faz sentido que se preparem para este cenário.

Ah, sim, não menos importante: o braço da raposa (é uma raposa, de acordo com o texto de explicação! Embora historicamente a Mozilla tenha dito que se trata de uma espécie de panda) mudou de posição. Agora parece que ele está abraçando o mundo. Compare com a versão anterior da marca que você entenderá.

Evolução da marca do Firefox

Evolução da marca do Firefox

Vi a primeira aplicação da nova pegada da Mozilla em termos de visual do Firefox neste vídeo abaixo. É justamente sobre os celulares rodando sistema Firefox.

Recomendo ler o artigo de Sean Martell comentando o processo criativo até chegar a este resultado.