A Adobe lançou hoje os novos aplicativos da Creative Cloud. No total, quinze aplicativos ganharam novas funcionalidades, incluindo Photoshop, Illustrator, InDesign, Dreamweaver e Premiere Pro. Conforme anunciado em maio, a Creative Suite foi descontinuada: não há mais versões em mídia física, e a única opção para usar os novos softwares da Adobe será por meio de uma assinatura mensal.

O novo Photoshop possui melhorias nos filtros de sharpening, traz novas ferramentas no Camera Raw e tem um recurso chamado Camera Shake, que promete corrigir fotos borradas devido ao movimento da câmera. Por sua vez, o Illustrator CC vem com o Touch Type para permitir que caracteres possam ser movidos, ampliados ou rotacionados e o texto permaneça editável.

photoshop-cc

Todos os aplicativos estão integrados ao Behance, uma rede social da Adobe onde designers podem publicar seus trabalhos. E os aplicativos podem sincronizar configurações com os servidores da Adobe, permitindo que você tenha a mesma área de trabalho em duas máquinas diferentes, seja Windows ou OS X, bastando apenas fazer login na conta da Creative Cloud.

A assinatura da Creative Cloud custa US$ 49,99 por mês e dá acesso a todos os aplicativos, além de 20 GB de espaço na nuvem. No entanto, o valor exige fidelidade de 12 meses. Para poder cancelar a qualquer momento, a assinatura mensal sobe para salgados US$ 74,99. Há descontos de até 40% para quem possui licenças de versões antigas da Creative Suite.

Você não precisa assinar toda a suíte de aplicativos, claro: caso queira apenas o Photoshop CC, por exemplo, o valor é de US$ 19,99 por mês com contrato de um ano e os mesmos 20 GB de armazenamento na nuvem. E considerando que o Photoshop CS6 foi lançado por US$ 699, pagar 20 dólares por mês com direito a atualizações parece bem vantajoso – mas muitos preferiam gastar apenas uma vez e ter o software para sempre.

A Creative Cloud pode ser assinada na página da Adobe, onde também é possível baixar versões de teste que funcionam por 30 dias. As novas funções dos aplicativos estão no site da Creative Cloud. E espere por um hands-on do Photoshop CC em breve! 🙂

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Osires Psicologia
Adquiri o Creative Cloud e notei que algumas ferramentas do Flash não aparecem (Bone tool e Deco tool). Procurei o revendedor para me esclarecer o que ocorria e ele me enviou alguns links, pois as ferramentas tinham sido incorporadas em outras e melhoradas. Um dos links (http://help.adobe.com/pt_BR/flash/cs/using/WS58BD3A02-DA25-488f-B534-AE5463A24833.html) explica o recurso e orienta como aplicar o bone indicando justamente a ferramenta descontinuada. No botão ajuda do programa abre informações do CS3 e CS5. Liguei para o 0800-8921704 e me atendeu um certo Henrique (se entendi direito) que falava um portunhol terrivel, não entendeu o problema e nem soube encaminhar. Disse que se estava descontente com o programa devia devolvê-lo (pasmem!). Quem pode tratar isso com seriedade e dar informações precisas e corretas sobre o que aconteceram com as ferramentas? Onde encontro um tutorial preciso sobre os recursos atuais do programa? Alguém sabe?
sposito.thiago
Não sei porque a galera ta reclamando de não poder comprar o software, inevitavelmente todo mundo acabava atualizando mesmo...
Rick
+Paulo Higa tu consegue saber com a Adobe como ficam os assinantes da Adobe, estão desde fevereiro anunciando o valor US$ 49,99 mas continuam me mandando a fatura de US$ 94,99 eu já mandei email, já abri reclamação no reclameaqui, mas não respondem de jeito algum.
Dante Marinho
O Adobe Cloud é muito bom, preço acessível e sempre tem atualizações.
Weuller Rogerio P. Faria
Se eu não precisasse de uma ferramenta profissional, usaria de bom grado o Gimp e o Inkscape. São excelentes, mas pra uso onde o fluxo de trabalho é intenso não rola. Além do mais, depois de quase 20 anos, mudar da ferramenta que domino seria desgastante.
Paulo Higa
Entramos em contato com a assessoria da Adobe Brasil. O post será atualizado quando tivermos mais informações. :-)
Paulo Higa
Existe, é o Photoshop Elements. Custa US$ 68 na Amazon.
Ravi Oliveira
Adobe poderia lançar uma versão muito barata ou gratuita para não profissionais e uso para a web. Eu não acho vantajoso e nem correto pagar tanto para criar um conteúdo por diversão em que eu não ganho nada.
Weuller Rogerio P. Faria
Eu não reclamo. E meu CS4 foi devidamente pago. O que disse é que um grupo já está desenvolvendo o ativador. Pra constar, são russo e estão se lixando pro Brasil ou coisa do tipo.
EDI LOPES
Caro Weuller, o país vive hoje uma transformação de ideologia e de cultura. Penso que , assim como eu, você deve ser contra essa corrupção toda que enfrentamos. Por R$ 2.500,00 fica dificil comprar um programa original, mas por R$ 100,00 por mes para vc ter acesso a tudo fica bem mais fácil. Para complementar meu pensamento quero dizer que nao adianta manifestações gigantescas se essa cultura do "jeitinho" persistir. Piratear um programa é tão incorreto quanto um desvio de dinheiro publico, então se você age assim não deve reclamar dos politicos que hoje regem este país
Andre Badiani
Eu uso p PS CS6 (original) paguei por ele uns R$ 1400, não me lembro direito, e pagar por mês acho meio injusto, a final com esse cs6 eu só vou trocar ele daqui a 2 ou 3 anos pois eu uso ele apenas para edição de imagens e pra mim as ferramentas não mudarão muito, da cs5 para a 6 enfim a Adobe quer tb ser uma empresa de serviço
Guilherme Batista
O pacote completo dá R$1302,12 por ano, usando a cotação atual do dólar comercial. Perto de 108 dilmas. Vale a pena, considerando que dá acesso ao Edge - que permite que designers possam criar conteúdo interativo sem necessitar do flash - entre outras coisinhas. Mas bem que a Adobe podia incluir as mobile apps no pacote.
Marciel Silva
acho que quando se utiliza uma ferramenta para trabalho acho mais que justo pagar, pois isso estamos investindo em melhorias. mas os valores tem que reduzir. só assim para incentivar assinantes.
Thiago Xavier
Queria saber pq a versão para estudantes não esta disponível. Vocês o TB poderiam ver isso com a Adobe Brasil :D
Weuller Rogerio P. Faria
Acabei de vir de um forum privado e a negada já começou o desenvolvimento de uma forma de ativação capaz de burlar o creative cloud. Deep Web é tudo de bom. Prometeram uma primeira versão pro fim de semana.