Direto de Los Angeles, EUA – Hoje foi o primeiro dia da E3 e, enquanto o dia acaba em Los Angeles e a noite está avançada no Brasil, vamos resumir o que vimos hoje – já com medo de não dar conta de tudo até o último dia, que é quinta-feira.

O dia começou no booth da EA, com uma primeira olhada em Battlefield 4. A demo da nova edição do game de guerra da EA é tipo capture the flag, no qual os jogadores se dividem entre os soldados da China e os dos Estados Unidos para conquistar lugares estratégicos no centro de Shanghai.

Você pode pertencer cair em uma cinco classes, mas é possível mudar. A de ficar no avião que solta bombas em lugares estratégicos, provavelmente a mais entediante, foi a que eu peguei. A mais diferente parece ser a de estrategista, em que o jogador tem um mapa com visão aérea e pode organizar melhor a equipe.

No mesmo estande, deu para brincar pela primeira vez com o controle do Xbox One. Foi a chance de ver qual é o resultado efetivo das mudanças do design. Fiz um vídeo rapidinho, enquanto meu time contava com meu apoio aéreo, parq falar rapidinho das primeiras impressões:

Ainda no assunto hands on, finalmente conseguimos ver em mãos o Shield da Nvidia, console portátil que roda Android Jelly Bean e tem chipset Tegra 4:

Vem aí

Assistimos a dois previews de jogos hoje, os dois cheios de violência, mortes e zumbis.

O primeiro foi Plants Vs. Zombies: Garden Warfare. O jogo em terceira pessoa da franquia PvZ parece deixar um abismo no quesito diversão em relação ao PvZ original, que é tipo tower defense. Os gráficos também foram melhorados e ele utiliza a engine Frostbite 3 – mesma do Battlefield 4.

Foram apresentados os principais “soldados”, mesmos do jogo original, e seus ataques característicos e especiais, além dos zumbis que são os chefões das fases. Ele é mais elaborado que o primeiro game, mas mantém a essência divertida e deve atrair novos jogadores.

O outro foi Dead Rising 3, jogo apresentado na conferência da Microsoft. No preview, foi mostrado um gameplay extenso, com direito a novas armas, novo protagonista e diversos figurinos que ele pode usar ao longo do jogo, como um vestido, uma fantasia de tubarão, uniforme da polícia ou um macacão amarelo à la Breaking Bad.

As novas armas apresentadas combinavam shotgun, óleo de motor, pistola, lanterna, granada, marreta, serra elétrica… Em Dead Rising 3, combinar um utensílio do dia a dia com uma arma de fogo cria um rastro de destruição. Dados os óbvios limites, tudo pode ser utilizado para massacrar os mortos-vivos e tornar o jogo mais divertido.

Teoricamente, essa função é igual à de Dead Island – e tantos outros jogos – , mas menos irritante por ser mais fácil de encontrar os itens necessários. Com ajuda do Smartglass, também demonstrada lá, dá para achar no mapa onde está um local estratégico, como a loja de armas, e o ponto fica marcado na TV.

Infelizmente, não pudemos filmar ou fotografar nenhum deles, mas não deve demorar para serem divulgadas as imagens, já que Plants Vs. Zombies: Garden Warfare será lançado em maio de 2014 e Dead Rising 3 em novembro desse ano.

Capcom

No stand da Capcom, vimos três jogos em destaque. Duck Tales Remastered é um remake do game de NES de 1989. Com uma nova roupagem visual e adição de cutscenes que ajudam a situar o jogador na história, o game chega neste ano pra PC, Xbox 360, Playstation 3 e Wii U. A melhor parte: todo legendado em português.

Também vimos Lost Planet 3, novo game da franquia que estava em hiato desde 2008. Embora tenha o número no nome, o game é um prequel e conta a história 10 anos antes do primeiro jogo.

Como consequência, alguns elementos dos jogos anteriores aparecem diferentes, como os Mechs que são simples Rigs de mineiração. No lugar de armas, possuem apenas garras e furadeiras e você tem que se virar com elas no combate.

Outro preview visto foi Phoenix Wright: Ace Attorney – Dual Destinies. O advogado favorito da Capcom volta ao Nintendo 3DS, agora em 3D. Além do velho grito de “OBJECTION!”, foi adicionado um novo modo de emoções durante as interrogações. A demo que jogamos, embora curtinha, já deixou com vontade de jogar de novo a série enquanto não chega o novo título.

A E3 vai até quinta-feira, dia 13 de junho, e acompanharemos in loco até lá.

Colaborou Gus Fune.