Início / Arquivos / Gadgets /

Motorola anuncia linha Moto X, que vai competir com a Galaxy

Giovana Penatti

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O CEO da Motorola Mobility, Dennis Woodside, falou na conferência do site AllThingsD sobre a linha de smartphones que a empresa está preparando para brigar com a Galaxy no mercado. Chamada Moto X, é a primeira criada depois que o Google comprou a Motorola.

O diretor financeiro do Google, Patrick Pichette, disse há alguns meses que os smartphones da empresa não eram inovadores e que era preciso dar um jeito de escoar 18 meses de produção enquanto pensavam em algo que merecesse esse adjetivo. Então, dá para esperar algo grande a caminho nos próximos meses.

Assim como o último smartphone Galaxy lançado, o S4, a linha Moto X virá cheia de sensores que vão tentar adivinhar o que o usuário quer e antecipar as ações. Entre elas, ele pode saber quando está no bolso, acionar a câmera quando o dono quiser tirar uma foto e descobrir quando ele está dirigindo para bloquear o envio de SMS.

Para isso, o aparelho deve contar com outros sensores além de acelerômetro e giroscópio, provavelmente que identifiquem a maneira como a mão do usuário o segura.

Também foi falado em uma duração de bateria maior do que a disponível no mercado atualmente. A Motorola já conseguiu uma autonomia impressionante sem sacrificar o design no Razr MAXX e sua bateria de 3.300 mAh; é possível que o feito seja repetido (e melhorado) nos novos lançamentos.

Woodside deu a entender que a intenção com a Moto X é criar smartphones de alto desempenho e baixo custo, o que deixaria os competidores, digamos, melhor estabelecidos no mercado em uma situação um pouco delicada. Além disso, a empresa vai investir em aparelhos com configuração mais simples e preço ainda menor.

Os smartphones da linha Moto X serão montados nos EUA, na China e no Brasil e devem começar a ser vendidos em outubro deste ano.

Será que é a chance da Motorola voltar ao Olimpo das fabricantes de dispositivos de telefonia móveis?

Com informações: INFO, Time