jolla-1

A Jolla, empresa criada por ex-funcionários da Nokia que trabalharam no desenvolvimento do MeeGo, anunciou hoje o primeiro smartphone com o Sailfish OS. O aparelho se chamará simplesmente Jolla e inicialmente estará disponível apenas na Europa, por 399 euros. Apesar de rodar um sistema novo, o aparelho é compatível com aplicativos do Android.

Como a Jolla ainda vai fazer uma coletiva de imprensa para anunciar o smartphone e o lançamento acontece somente no fim do ano, não há muitas informações sobre o hardware. Por dentro, há processador dual-core, provavelmente fabricado pela ST-Ericsson, e 16 GB de armazenamento interno, com entrada para microSD.

jolla-3

O Jolla suporta conexão 4G LTE e possui tela de 4,5 polegadas, além de uma bateria removível pelo usuário, de capacidade não especificada. Ele tem um design minimalista e colorido, que lembra bastante a linha Lumia (e o Nokia N9, que rodava MeeGo). Segundo a Jolla, você pode colocar capinhas de cores diferentes no smartphone e a interface do sistema vai acompanhar a mudança.

Como todo sistema operacional novo, o Sailfish OS deve sofrer um pouco com a falta de bons aplicativos, especialmente no início. A Jolla tenta amenizar esse problema com uma máquina virtual capaz de rodar grande parte dos aplicativos originalmente desenvolvidos para Android sem nenhuma modificação. É uma solução parecida com a adotada no BlackBerry 10.

Assim como o MeeGo, o Sailfish OS não precisa de botões físicos e é totalmente controlado por gestos – para abrir o menu de aplicativos, por exemplo, basta deslizar a tela inicial para cima. O Sailfish OS também tem foco em multitarefa, mostrando miniaturas dos aplicativos em execução logo na tela inicial – você pode controlar os aplicativos diretamente das miniaturas, sem necessidade de alternar entre eles.

O Jolla está disponível para pré-venda no site oficial. Como a empresa ainda é pequena, apesar de ter recebido um aporte de 200 milhões de euros em sua primeira rodada de financiamento, é pouco provável que o Jolla dê as caras por aqui tão cedo. De qualquer forma, assim como o Android, o Sailfish OS é um sistema baseado em projetos de código aberto e será distribuído sem custo aos fabricantes de smartphones – bastante que alguma empresa grande se interesse pelo sistema.

Com informações: Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Nyrium Elenilson Farias
Eles vieram da Nokia, pioneira, tem tudo pra dar certo.
Thanara Corrêa
Acho que já tem muito sistema operacional já, talvez mesmo com investimento não vai pra frente.
EFG
Não sei se este celular terá futuro, mas já me interessou só por ter foco em multi tarefas ...
Wellington Gabriel de Borba
Tem muito OS surgindo mas nenhum com musculatura para bater de frente contra android e iOS. Z10, Ubuntu,Firefox,etc.
William Bannach
Pra mim já começou com nome errado, wtf Jolla?? qq
Luandersonn
Claro que é questão de gosto xD E veja a briga, são 350 fabricantes Androids contra 1 com Windows Phone, como vencer assim? O importante é a Nokia sair da crise...
fac_713198649
Antes de acreditar no sucesso de algum SO mobile, é preciso dizer de quem é que ele vai tirar espaço, pois o mercado está superlotado. Dos 3 primeiros colocados, cada um deles tem um rico ecossistema, não acredito nenhum pouco que o Jolla tenha condições de competir com qualquer um deles.
fac_713198649
No topo??? Difícil hein... Não vou nem falar da Nokia/Microsoft, é só olhar a situação deplorável que se encontra a Sony e a HTC que usam o Android. Só acumulam prejuízos. Quem está nadando de braçada mesmo é só a Samsung e Apple.
Gleimeson Jean
WP o melhor OS mobile? só se for questão de gosto, pois todo mundo sabe que a nokia com o WP nunca vai deixar de ser 3ª na briga de OS mobiles, eu coloco mais Fé no OS da jolla do que o WP "preso" na nokia
Alef Moreira Silva
Acredito que sofrerá um pouco de rejeição no começo, até mesmo porque até lá o Nokia asha 501 já estará disponível em bastantes países. Dessa forma, os consumidores irão pensar que ele é uma cópia do Asha 501. Pode acontecer :|
Pedro
Logo vão estar no topo? Como assim meu jovem? Se a Nokia e a Microsoft que já possuem nome no mercado e gastam milhões em publicidade agressiva estão apanhando pra consolidar o Windows Phone (que na minha opinião é o melhor OS) no mercado, imagine esses dai que começaram agora... Que o celular é bonito e o sistema é elegante isso não posso discutir, pra falar a verdade gostei muito, mas chegar ao topo já são outros 500.
Vinicius Kinas
Logo, acho que não teremos tantos problemas na emulação de apps que sejam bem escritos. O problema é justamente esse. Metade dos aplicativos foram lançados lá no Android 2.3 e não tem mais atualizações.
Gabriel Martins
Muito bom saber disso, os desenvolvedores foram com tudo, é isso aí, quanto mais concorrência, melhor :D Se já começou assim, logo vai estar chegando no topo, ainda mais que os caras não são qualquer grupinho, são ex-funcionários da Nokia, então da pra esperar coisa grande por aí.
Thalles Mancha
Acredito que não. O Home, por exemplo, é desnecessário (se for como o N9). O multi-tarefa - botão da direita a partir do Android 4.x - é desnecessário (se for como o N9). O botão voltar, de acordo com os novos SDK do Android, deveria ser embutido nos próprios apps, não usando o do sistema (que, se for como o N9, é desnecessário). O botão de opções (da direita no Android 2.3 pra trás) já deveria estar nos apps. Logo, acho que não teremos tantos problemas na emulação de apps que sejam bem escritos.
TaylerPadilha
E se ele não tem botões físicos, como vai rodar os .apk do Android com os três botões de config., home e voltar? Serão emulados na tela também, igual alguns aparelhos Android?