Através de sua conta pessoal, o pesquisador e investidor de novas tecnologias Bill Gross divulgou uma imagem que retrata como o carro autônomo do Google “vê” o mundo ao seu redor. A imagem é intrigante.

selfdriven

Segundo Gross, que é um grande empreendedor e está ligado a diversos projetos de tecnologia, o carro do Google recebe cerca de 1 GB de dados por segundo! É possível ver a análise de relevo, placas, calçadas, semáforos e a rota a ser seguida.

Carros autônomos são motivos de medo na imaginação de muitas pessoas, porém, pesquisas chegam a apontar que cerca de 90% das mortes em acidentes de trânsito são causadas por falha humana, seja por distração, influencia do álcool ou imprudência. De acordo com a Organização Mundial de saúde, cerca de 1,2 milhão de pessoas morrem em acidentes de carros, todos os anos.

Diferentemente de nós, humanos, um carro autônomo enxerga em 360 graus, reconhece obstáculos e analisa em tempo real situações que muitas vezes os olhos de um motorista não podem alcançar. Um veículo controlado automaticamente não se cansa, não se distrai, não fica embriagado. Imagine uma estrada com diversos carros que possam se comunicar imediatamente e formar um tráfego mais inteligente, de acordo com rotas em comum e estará vendo o que, em poucos anos, será uma formidável revolução na forma de viajar.

Para fechar, fique com este vídeo feito pelo Google, acompanhando um passeio de Steve Mahan a uma loja de tacos e seu retorno para casa a bordo de um carro autônomo.

Só mais um detalhe: Steve é cego.

Com informações: Business Insider

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Pedro Henrique Silva
O vídeo não está na página!
Aloizio Barros
Eu simplesmente comentei sobre a viabilidade atual ou mesmo futura de um tipo de veículo desses no Brasil. Não temos mobilidade e nosso tráfego é um verdadeiro caos. Exemplo? Essa semana o VLT no Rio entrou em fase de testes e para ser possível o VLT trafegar, foi necessário agentes irem na frente do veículo, tirando os carros da rua e sinalizando para evitar que outros chocassem com o VLT pois o povo não tem educação, não tem cultura. Em outros países como os EUA, Canadá, Suiça, Finlândia e etc, até funcionam, mas naquelas ruas perfeitas e sem confusão e com um povo educado e culto. Foi isso e quanto ao Jean Willys, odeio essa pessoa.
Ismael Godoy
Mano, vc falou tanta merda que até o Jean Williis se assustou! Interpretou totalmente errado o texto do Fabio.
Aloizio Barros
Ok, da próxima vez que eu entrar no avião vou pedir para o piloto e toda a equipagem sair, pois assim quem sabe consigo um desconto na passagem, pois a companhia não vai ter gasto com pessoal de bordo...Todos que voo (isso inclui até os 787 da Boeing) são guiados por gente de carne e osso, auxiliados por computadores. Engraçado falar que máquinas são melhores que cérebros humanos...quem as criou? Um extraterrestre? Ou elas surgiram do nada dentro de uma pequena pedrinha de silício? Quero ver a máquina falhar e não ter a assistência humana para meter o pé no freio e parar. Sou ferroviário e as mais modernas locomotivas operadas por computadores necessitam de "gente" na cabine pois o trajeto longo de trens de carga por exemplo é impossível ser assistido remotamente. Imagine um trem com 2 locomotivas e 140 vagões carregados, numa travessia e um ônibus escolar quebrado nela? Imaginou? Que visão terão remotamente deste ônibus a centenas ou milhafres de km? Ou numa descida de serra com rampa de 20% os freios da composição falham e o os auxiliares tem que ser acionados? Abraços "fabio galan robozinho"
Aloizio Barros
Tá bom. E lá na roça, na estradinha de chão, nas pequenas cidades do interior (que são a maioria no Brasil e nem internet tem ou quando tem é movida a "lenha") como fará essa tecnologia para ser viável? Quero ver um carrinho desses se perder dentro de uma comunidade comandada pelo tráfico e sair devagarinho, guiada pelo Google que a levou lá pelos gps's de última geração e a uma velocidade de tartaruga. Nas pistas de testes com ar condicionado da Google, Apple e etc, com certeza funcionam que é uma beleza.
paulobarba3
com certeza essa tecnologia sera uma realidade dentro de pouco tempo em paises mais avancados, no caso do brasil pode demorar mais uns150 anos mais quando chegar vai ser um alivio para esse transito violento e irresponsavel
fabio.galan
O conservadorismo e o preconceito são, definitivamente, um entrave para o progresso da humanidade. Curioso que ninguém tenha lembrado ou saiba - que os aviões são pilotados autonomamente, e a ação dos pilotos se restringe apenas para o pouso e decolagem. E mais importante: a navegação por computadores pode ser interrompida pelos pilotos a qualquer momento, que assumem o controle manual do aparelho. Não sei quanto aos trens antigos, mas os novos trens da linha 4 amarela em SP não necessitam de "condutores" humanos, já que o sistema é operado remotamente; houve polêmica na época porque a maioria dos usuários não se sentem confortáveis em não ver um "condutor" no primeiro vagão. Computadores não provocam acidentes ou mortes por um lapso de caráter, de consciência ou deliberadamente: nas poucas vezes, estes são provocados por falhas que, comparadas às dos seres humanos, são uma gota no oceano. Na maior parte das vezes, são os próprios cérebros humanos que, na incapacidade de tomar decisões racionais, guiados pela emoção, acabam por precipitar estes acontecimentos. Será um alivio quando nos dedicaremos as causas mais importantes, que impactem grande progresso na vida da humanidade, quando nossas preocupações serão sanar os problemas que realmente nos afligem e dizimam, deixando à cargo das máquinas o que elas, indiscutivelmente, fazem melhor que o melhor dos cérebros humanos.
Naylla Fernandes de Leça
Ana Maria Braga unlike this hauhuauahua
Gilberto Lúcio
Nossa cara, você leu essa parte: " Um veículo controlado automaticamente não se cansa, não se distrai, não fica embriagado. Imagine uma estrada com diversos carros que possam se comunicar imediatamente e formar um tráfego mais inteligente, de acordo com rotas em comum e estará vendo o que, em poucos anos, será uma formidável revolução na forma de viajar." Não defeque pela boca, por favor.
ricardo
Apenas complementando: o pensamento humano vem sendo "substituído por programinhas" desde que as primeiras calculadoras eletrônicas foram inventadas.
ricardo
Márcio, você não acha que seria mais produtivo se o ser humano não precisasse mais "perder tempo" dirigindo e gastasse seus dias pensando em si mesmo e se divertindo? Eu particularmente acho esse tipo de projeto muito útil à medida que substitui o ser humano em tarefas estressantes ou degradantes (e dirigir tem se tornado uma delas), por máquinas. Se isso pode gerar desemprego a culpa não é do projeto, mas do sistema distorcido em que vivemos.
YanGM
Só se for um carro com windows.
YanGM
Cuidado, ele vai roubar seu emprego e sua esposa.
Gabriel
Claro, esse carro escreverá artigos científicos daqui a pouco.
Rafael Machado de Souza
mas se vc for ver em varias situaçoes a sua vida fica a cargo de uma maquina. desde computadores de gerenciamento de metrô e aviação até mesmo elevadores. no caso de um acidente já é mais complicado. de quem seria a culpa? do fabricante do carro, do fornecedor do software ou do fornecedor de hardware?
Exibir mais comentários