Início » Arquivos » Comportamento » Como a internet se uniu para ajudar os envolvidos nas explosões da Maratona de Boston

Como a internet se uniu para ajudar os envolvidos nas explosões da Maratona de Boston

Avatar Por

Ódio existe para gerar mais ódio. É por isso que quando você espanca o teclado para ofender sarcasticamente um troll nos comentários do YouTube, você está automaticamente concedendo a ele a vitória da competição: o troll está ali só para te fazer odiá-lo.

duty_calls

Funciona assim com todos os tipos de gente odiável do planeta, de Marco Feliciano à KKK. Não seria diferente com o ataque na Maratona de Boston, há dois dias: terrorismo gera terror. Ataques como esse têm como primeiro objetivo ligar o dispositivo de medo dentro das pessoas. Deixá-las apavoradas, acreditando que estão sob ameaça, buscando figuras para odiar. Aliás, esse ótimo texto do The Atlantic sugere justamente isso: que o terror só tem efeito se você se deixar influenciar por ele. “Não seremos aterrorizados”, desafia o autor. Vale a leitura.

Quando uma tragédia dessas tem efeito oposto, ainda mais com a ajuda da internet, eu acredito um pouquinho mais naquele papo de que a internet é mesmo capaz de transformar a humanidade. E foi isso que aconteceu: os moradores de Boston se uniram para fazer uma planilha colaborativa no Google Drive oferecendo abrigo para corredores que não puderam sair da cidade depois que o espaço aéreo foi fechado e para as famílias das vítimas. São centenas de ofertas, de sofás a quartos inteiros, que as pessoas colocaram à disposição de estranhos.

A internet é a ferramenta mais poderosa para unir pessoas com um interesse comum e multiplicar esse poder, sejam elas amantes de pôneis, viciados em cupcakes ou gente querendo ajudar os outros. Lembre-se disso quando, diante de um acontecimento horrível, sua tendência for perder a fé no ser humano. Não precisa nem desconectar para olhar em volta: há pessoas boas por todos os lados.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Andy Maia
Parece que no 4chan fizeram um grande recorte de fotos com os principais suspeitos. Pode até ser montagem, mas têm dois que parecem mesmo culpados. Tudo indica que já tiraram do ar, mas essas iniciativas mostram o poder que muita gente junta numa causa pode fazer. Ainda tenho fé na humanidade...
Fabio
Se fosse no brasil esses abrigos seriam alocados por dinheiro, ou ainda, o brasileiro iria la de penetra e alocava por outra pessoa, cobrando. Acredite!
@mos_axz
A internet é uma ferramenta de disseminação de informação. Se é boa ou ruim, depende de nós. E podem ter certeza, sempre tem gente dos dois lados, então não adianta fingir que tá tudo bem, assim como também não vale a pena desistir...
João Almeida
É como diz a Coca-Cola: "os bons são maioria". Achei muito legal a iniciativa desse pessoal para ajudar o pessoal que estava no momento. E realmente, a lista é grandiosa, muitos ajudaram. parabéns a todos dessa iniciativa.
Hugo
Comecei a ler um por um e não acabava a lista... Aí olhei e o scroll é quase infinito D:
trovalds
Feliz de saber que ainda tem pessoas que ainda se unem para fazer o bem.
Sam_Rodrigo
Eu vejo a internet realmente como você disse "A internet é a ferramenta mais poderosa para unir pessoas com um interesse comum..." Mas não acredito na internet como uma fonte de disseminação do ódio. Aliás essas campanha em "prol" de alguma "causa" onde na mesma campanha se propaga o ódio a outra pessoa, empresa, objeto, etc é uma tremenda idiotice, poi poderiam usar este mesmo meio para defender sua "causa" seja ela qual for e não atacar, constranger, humilhar, difamar o outro seja ele homem, mulher, criança, etc. Eu ainda acredito que exista sim pessoas boas neste mundo, pessoas que se importam realmente com o seu próximo. E nós somos a maioria.
Agnatos
Achei muito legal a iniciativa e o melhor foi ver uma notícia sobre algo bom. É claro que vemos notícias boas por aqui no tb, mas esse tipo de notícia não é o foco da mídia. Parabéns a todos envolvidos.