Início » Arquivos » Gadgets » Assim era o Google Glass antes de virar um gadget bonito

Assim era o Google Glass antes de virar um gadget bonito

Óculos inteligentes chegam ao mercado ainda em 2013

Avatar Por

google-glass_div

Os engenheiros do Google estão muito próximos de colocar o primeiro modelo dos óculos inteligentes no mercado ainda neste ano. O Google Glass, como você deve lembrar, começou como uma promissora, porém distante, ideia para aproximar a tecnologia da vida das pessoas. Um jornalista americano brincou recentemente com a traquitana e ainda confirmou o prazo estipulado pelo Google: ainda em 2013.

Editor-chefe do site americano The Verge, Joshua Topolsky esteve no escritório da companhia em Nova Iorque para conhecer o Glass, que teve início como projeto de um engenheiro na chamada iniciativa X Lab do Google. Basicamente, um laboratório no qual inventivos engenheiros do Google trazem novos produtos à tona. Aposto que nunca veremos muito do que é pesquisado ali. Foi lá que ele teve contato com o aparelho.

Em resumo, Topolsky conclui que o Google Glass oferece uma experiência interessante ao trazer informações no momento em que o usuário precisa. Por outro lado, admite que pode ser estranho levar um desses para um encontro ou mesmo para assistir a algum filme no cinema.

Ele e a equipe de filmagem do site entraram numa cafeteria e logo os funcionários pediram para desligar as câmeras de vídeo. Claro que ninguém ousou pedir que ele desligasse também a captura de vídeo do Glass – até porque a maioria das pessoas sequer sabe o que é aquele negócio azul segurando os óculos do indivíduo.

O Google Glass é composto de duas partes. Tem a moldura normal dos óculos, por assim dizer, e uma parte removível onde ficam os sensores, bateria e o pequeno visor que exibe o texto branco quando está posicionado à frente do olho direito (de quem vê). Também ali fica um touchpad para controlar alguns recursos do aparelho.

Protótipo do Glass

Protótipo do Glass

Num dos momentos mais interessantes, a designer Isabelle Olsson mostra um dos primeiros protótipos do Glass. Essa coisa esquisita aí em cima, acredita, foi a origem dos óculos inteligentes que o buscador pretende vender em no máximo mais dez meses. Você usaria?

A primeira leva de Glass não terá conectividade por rede celular. O consumidor fica livre para conectá-lo ao Wi-Fi ou à rede de dados do celular por Bluetooth. Sem nada disso, como conclui o jornalista, ele vira só mais uns óculos. Bem esquisitos, óculos.

Vídeo: “I used Google Glass”

Vídeo: Demonstração do Glass

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

francisco rafael
gente amei,o futuro já chegou pelo visto. como dito no livro do apocalise e lucas. vejam esses capitulos e vcs irao se surpreender. mais amei. já quero um.
Gustavo Alencar
Avanço pra mim seria a correção de daltonismo. Ai sim seria uma melhoria, pois quem compra um google glass pode pagar por lente de contato, que seria uma alternativa mais barata caso vc mude de grau todo ano (e não queira comprar outro google glass).
Cristhian Vieira
Verdade, como ficara nossa privacidade, quero dizer, todos poderão tirar foto de tudo que ver, não me agrada a ideia de estranhos ter fotos minhas capturadas e compartilhada na web sem a minha autorização, se com o facebook nossa privacidade esta completamente vulneravel, com o G'Glass provavelmente seremos Big Brothers de nós mesmo. #Medo
Wendell Luiz
Vamos ver se vai valer a pena o preço né, algo assim no dia a dia é bem útil...
Wendell Luiz
Eu mesmo usaria um dispositivo desse, mesmo sendo estranho é muito útil rs
Gustavo R.
O futuro vai ser que nem no filme Wall-E, todo mundo gordo usando tecnologia pra tudo. Ou uma Skynet, sinceramente, eu tenho medo. Não me sentirei seguro andando na rua sabendo que um monte de gente vai saber tudo sobre mim só ao olhar pra mim.
Thanara Corrêa
Preço vai ser por órgãos mesmo.
Gabriel
Na internet até entendo, na vida real as coisas são mais complicadas. Vide o problema das japonesas sendo fotografadas por tarados, acho que agora todos os telefones vendidos lá fazem um barulho ao disparar a câmera.
Jon Torres
Mas não é por isso que usar um dispositivo desse, vai se tornar normal. Cada vez mais a tecnologia está presente nas nossas vidas, pode ser que algum dia nós refletiremos se isso nos faz mal e quanto nos faz mal e etc. mas, de qualquer forma o gadget é muito bacana.
Joao Luiz Gomes
isso me lembra isso: http://www.youtube.com/watch?v=EaHUpWuqNHY ( num futuro próximo a apple inventa o eyePhone e processa o google :D )
Gaba
Legal esse óculos. Só acho que agora que eles vão lançar, poderiam focar num desenvolvimento futuro na diminuição da parte "funcional" do óculos, pra fazer o óculos cada vez mais se parecer com um óculos normal. Dai fica legal!
Gaba
Hoje isso já não é mais assim! Qualquer palavra que se diga, é motivo pra se usar em algum tribunal! Você pode falar "O céu é azul", que algum advogado vai achar um contexto, e te fazer pagar indenização ou ir pra cadeia!!!
Thássius Veloso
Volto a falar de "Black Mirror" em um futuro artigo. Ainda estou processando tudo o que se dá nos episódios mais novos.
Rafael Machado de Souza
e a 120 anos era estranho usar carros que nao tinham cavalos
Fabio
15 anos atrás era estranho você usar um telefone móvel para tirar fotos.
Exibir mais comentários