Não foi dessa vez que os donos de aparelhos com iPhone OS puderam desfrutar um aplicativo nativo para gerenciamento remoto dos downloads que estejam sendo feitos no computador. Depois de uma peregrinação durante quatro meses pela revisão da App Store, o desenvolvedor do aplicativo finalmente teve uma resposta: o uMonitor não foi autorizado porque o torrent “comumente é usado para o propósito de infringir direitos de terceiros”.

O aplicativo serviria para funcionamento em conjunto com o uTorrent instalado no computador (não temos informações sobre com quais sistemas operacionais o uMonitor seria compatível).

uMonitor em funcionamento (só testes). (Reprodução/Pocket-Lint)

uMonitor em funcionamento (só testes). (Reprodução/Pocket-Lint)

Em sua resposta, a equipe de revisão de apps da Apple escreveu:

Nós revisamos uMonitor e determinamos que não podemos publicar essa versão do seu aplicativo na App Store nesse momento porque essa categoria de aplicativos é comumente usada para o propósito de infringir direitos de terceiros. Nós optamos por não publicar esse tipo de aplicativo na App Store”.

Claro que a Apple não vai dizer que, além de muitos deles serem ilegais na maioria dos países, os downloads em torrent poderiam concorrer com a iTunes Store nos segmentos de música, séries e filmes.

Enquanto isso, já existe aplicativo para Android, o sistema de código aberto do Google, que não só baixa arquivos a partir de sites de compartilhamento (o que o iPhone OS não permite), como também usa a câmera do aparelho para ler o código de barras de embalagens para descobrir o nome do filme, CD ou DVD em questão e iniciar o download automagicamente. [Pocket-Lint]

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Wesley
Faltou dizer que os desenvolvedores fizeram o mesmo que aquele Google Voice, colocaram seu aplicativo no Cydia. Ou seja, se você tem um iPhone jailbroken, procure por "uMonitor" e achará este aplicativo livre das regras malditas da App Store.