Dava meia-noite e de repente todos os seus amigos estavam conectados ao moribundo MSN Messenger. Ou melhor, ICQ, dependendo da sua idade. A internet discada desapareceu da realidade muitos brasileiros há alguns anos. Nos Estados Unidos, embora a estrutura de telecom seja melhor, esse mesmo tipo de acesso ainda responde por uma fortuna de receita para a Aol: US$ 500 milhões.

Modem de 56 kb/s

Modem de 56 kb/s

A giganta da internet que tentou negócio no Brasil, mas depois desistiu, tem nos assinantes de internet discada a maior fonte de receita da companhia. Mais do que a publicidade na Aol, no Huffington Post (comprado há dois anos) e nas demais propriedades online do grupo, de acordo com informações do Business Insider.

As assinaturas elencadas sob a rubrica do Membership Group contabilizaram US$ 230,8 milhões somente o quarto trimestre fiscal do ano passado, seguido do Brand Group, pelo qual a Aol vende conteúdo e propaganda, com US$ 213,2 milhões.

O custo de ter internet lenta, limitada a 56 kb/s, é bem pequeno – ainda mais para a realidade americana. O plano mais básico sai por 10 dólares mensais e dá direito a “serviço dial-up ilimitado”, segurança da McAfee, serviço de backup da Norton e outras firulas. Só não me pergunte se os serviços agregados são amostras grátis ou produtos contínuos do plano. Por 26 dólares mensais o assinante tem o plano mais completo.

Noticiamos em 2011 que a Aol possuía 3,5 milhões de assinantes de internet discada. Compare com os 26,5 milhões de clientes na época de ouro do grupo, em 2002.

Cá no Brasil os anúncios sobre internet discada desapareceram, bem como aqueles CDs distribuídos em supermercados, Lojas Americanas e similares (cliente Itaú tinha horas a mais de navegação no navegador da Aol). Nossa reportagem entrou em contato com a Anatel e obteve a seguinte resposta: não sabem o número de usuários de dial-up porque, para a agência, o acesso conta como uma chamada telefônica de fixo para fixo.

O UOL registrava 390 mil assinantes de internet discada em 2010. Atualmente o acesso discado custa R$ 9,90 por mês e dá direito a duas contas de email com 11 GB.

Vídeo – Comercial da Aol com Carla Perez: “Eu consegui, você consegue!”

Vídeo – Comercial da Aol sobre a “Casa dos Artistas” ao vivo

Aliás, repare que a voz nesse comercial acima não lhe é estranha. O ator do filme é o mesmo dublador do Seiya em “Cavaleiros do Zodíaco”.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thanara Corrêa
HAHA eu usava, IG e POP quando tinha discada, ainda, momento triste da minha vida, ainda bem que hoje existe gvt.
Thássius Veloso
Pode ser que ele tenha lido uma versão do texto sem essa informação. Acontece.
Juan Lourenço
10 dólares/mês? Caramba, mesmo aqui no Brasil isso é suficiente pra pagar um 3G que não vai ter velocidade muito diferente de um modem 56k rs
João Berdeville
Além do POP, da GVT, que também funciona até hoje.
Renan Fernandes
Carla Perez era gostosa nessa época.
Weller Santibanez
Aliás, repare que a voz nesse comercial acima não lhe é estranha. O ator do filme é o mesmo dublador do Seiya em “Cavaleiros do Zodíaco”. está no fim do texto...a não ser que vc tenha sido irônico
Luan Borges
Pra ver a Casa dos Artistas só sendo o Seiya de Pégasu.
Thiago Martins Franzin
Eu acho que o cara do segundo vídeo é o dublador do Seiya...
Thiago Martins Franzin
O cara do segundo vídeo é do dublador a voz dele é familiar de algum anime...
Everton Favretto
E não vamos esquecer dos provedores grátis. iG absorveu o iBest e continua funcionando em muitos lugares.